Mundo Operário

PARALISAÇÃO DOS ÔNIBUS EM SP

Já são 23 terminais e 2 estações de metrô fechadas por rodoviários contra redução de frota

quinta-feira 5 de setembro| Edição do dia

A cidade de São Paulo foi surpreendida hoje pela forte mobilização dos motoristas e cobradores de ônibus, que ao longo de poucas horas alastraram por toda a parte a sua paralisação contra a redução da frota e pelo aumento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). Até o momento são 23 terminais e duas estações de metrô fechadas em decorrência da mobilização.

Os terminais fechados até o momento são:

Bandeira (Centro)
Parque Dom Pedro (Centro)
Princesa Isabel (Centro)
Pinheiros (Zona Oeste)
Campo Limpo (Zona Sul)
Mercado (Centro)
Sacomã (Zona Sul)
AE Carvalho (Zona Leste)
São Miguel (Zona Leste)
Varginha (Zona Sul)
Santo Amaro (Zona Sul)
Barra Funda (Zona Oeste)
Santana (Zona Norte)
Lapa (Zona Oeste)
Jardim Ângela (Zona Sul)
Capelinha (Zona Sul)
Vila Carrão (Zona Leste)
Água Espraiada (Zona Sul)
Sapopemba (Zona Leste)
Guarapiranga (Zona Sul)
Amaral Gurgel (Centro)
Grajaú (Zona Sul)
Pirituba (Zona Norte)

E as estações de Metrô Santana e Barra Funda.

Os manifestantes também organizam um ato em frente à prefeitura, local onde deve ocorrer uma assembleia da categoria. A prefeitura suspendeu o rodízio de veículos.

A redução de frota que os empresários e prefeitura querem impor é um resultado de um transporte que é gerido como uma mercadoria para gerar lucros milionários aos capitalistas, e não para atender as necessidades da população. As licitações às empresas de ônibus são feitas com prazos de vinte anos, além de garantirem imensos subsídios às empresas. Todas as decisões sobre o transporte são tomadas a portas fechadas entre os patrões e os governos que estão a seu serviço. Apoiamos a paralisação dos motoristas e cobradores pela manutenção dos empregos e da frota para a população, e defendemos que o transporte seja integralmente estatizado e gerido pelos trabalhadores e usuários, que são os verdadeiros interessados em garantir um serviço de qualidade e barato para toda a população.




Tópicos relacionados

São Paulo   /    Transporte   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar