Sociedade

VIOLÊNCIA CONTRA MOVIMENTOS SOCIAIS

Homem avança com carro contra manifestantes do MST e mata em Valinhos

quinta-feira 18 de julho| Edição do dia

Acampamento dos Sem Terra em Valinhos — Foto: Johnny Inselsperger/EPTV

Manifestação no Acampamento Marielle Vive em Valinhos passa por situação triste e revoltante hoje pela manhã. Veículo foi jogado contra os manifestantes deixando vários feridos e um senhor que veio a falecer. Segundo informações na mídia, o motorista fugiu.

Os manifestantes da ocupação exigiam assistência escolar, de saúde e fornecimento de água à Prefeitura de Valinhos. O atentado foi às 8h da manhã.

Nós do Esquerda Diário expressamos nosso mais completo repúdio e total solidariedade às vítimas e a seus familiares. Essa situação se fortalece com as declarações de Bolsonaro, que dissemina seu ódio contra movimentos sociais e a esquerda.

Reproduzimos abaixo nota da direção estadual do MST em São Paulo:

Na manhã desta quinta-feira (18), as famílias do Acampamento Marielle Vive em Valinhos (SP), integrantes do MST realizavam uma manifestação com entrega de alimentos na Estrada do Jequitibá, Km 07, em frente ao Acampamento, quando foram surpreendidas por um homem com uma caminhonete em alta velocidade que jogou o veículo contra os manifestantes. Existem vários feridos e uma pessoa infelizmente foi a óbito, o senhor Luiz.

A manifestação tinha como objetivo uma questão humana básica: pressionar a prefeitura por fornecimento de água. As famílias também lutam pelo direito de Reforma Agrária.

O Acampamento conta com mais de mil famílias e existe desde o dia 14 de abril de 2018 na Fazenda Eldorado Empreendimentos Ltda. Exigimos punição imediata a este assassino, que age sob o clima de terror contra os movimentos populares, incentivado por autoridades irresponsáveis que estão no governo brasileiro.

Direção Estadual do MST SP




Tópicos relacionados

MST   /    Sociedade

Comentários

Comentar