Juventude

UFMG

Faísca chama reunião sobre fundação C.A. de Artes Visuais na UFMG

Estudantes de Artes Visuais da UFMG membres do coletivo de juventude Faísca - Anticapitalista e Revolucionária - chamam TODES graduandos e pós-graduandos do curso a discutir e começar a colocar em prática a necessidade de fundarmos uma entidade estudantil que represente democraticamente os estudantes, contribuindo para fortalecer sua auto-organização politica, acadêmica e social.

terça-feira 5 de novembro| Edição do dia

Estudantes de Artes Visuais da UFMG membres do coletivo de juventude Faísca - Anticapitalista e Revolucionária - chamam TODES graduandos e pós-graduandos do curso a discutir e começar a colocar em prática a necessidade de fundarmos uma entidade estudantil que represente democraticamente os estudantes, contribuindo para fortalecer sua auto-organização politica, acadêmica e social.

O que é um Centro acadêmico? Para quê ele serve? Qual a diferença entre um C.A e um D.A. (Diretório Acadêmico)? Em quê os estudantes se beneficiariam com a fundação de um C.A.? De quais formas os estudantes participariam dele? É possível intensificar a representatividade dos diferentes posicionamentos dos estudantes de maneira proporcional? Quais os passos para fundar o C.A.?

Ao longo da semana queremos abrir essas discussões com o objetivo de termos uma potente troca no dia 12 às 13h no piscinão da EBA para discutir e colocar de pé o processo de fundação do Centro Acadêmico de Artes Visuais da UFMG.

Conheça a Faísca

Nós da Faísca acreditamos que nosso C.A. deva estimular o debate de ideias e a participação coletiva no dia-a-dia do curso, servindo como uma ferramenta para potencializar nossa luta frente às arbitrariedades cotidianas de uma universidade estruturada na sociedade capitalista e frente ao governo Bolsonaro e seus anseios de acabar com uma juventude crítica que não abaixa a cabeça pra defender os direitos dos trabalhadores, das classes populares, dos negros, das mulheres, dos LGBTs, dos povos originários, o meio ambiente.

Somos um grupo de jovens estudantes que se organiza nas universidades do Brasil e defende que nosso conhecimento não deva estar subordinado aos interesses das empresas e de salvar um sistema em decadência, mas sim a serviço das necessidades da população que sustenta nossa sociedade com o suor do seu trabalho.

Frente ao planos do governo Bolsonaro, toda a juventude que se levantou esse ano precisa debater com qual estratégia e com quais bandeiras vão atuar para que nossa energia não seja canalizada eleitoral ou institucionalmente.

A Faísca acha que o C.A pode servir a isso, contribuindo para que os estudantes se organizem para lutar por suas demandas diárias e pra influenciar a impormos um movimento massivo contra os ataques que estão em curso.

Nos apoiemos na luta chilena contra os ajustes neoliberais!

Não podemos ter entidades corporativas, que não debatem os grandes temas políticos do país e que impedem a nossa luta

Queremos que desde a sua fundação, nosso C.A. cumpra uma função militante e esteja nas mãos dos estudantes

Acreditamos no potencial dessas ideias anticapitalistas quando discutidas coletivamente, desenvolvendo nossas experiências para criar uma força organizada ao redor delas. Nosso objetivo é ampliar e reverberar as ideias revolucionárias, construindo um movimento estudantil que realmente pense e lute para mudar a estrutura da nossa sociedade.




Tópicos relacionados

Minas Gerais   /    UFMG   /    Arte   /    Faísca - Juventude Revolucionária e Anticapitalista   /    Artes Visuais   /    Movimento Estudantil   /    Belo Horizonte   /    Juventude

Comentários

Comentar