×
Rede Internacional

ESQUERDA DIÁRIO IMPRESSO | FAÍSCA – Juventude revolucionária e anti-capitalista: conheça e construa!

segunda-feira 9 de maio de 2016 | Edição do dia

No dia 2 de abril cerca de 400 jovens de várias cidades do Brasil se reuniram em São Paulo para fundar a Faísca – Juventude Anticapitalista e Revolucionária, unificando estudantes secundaristas, estudantes de universidades públicas e privadas, artistas, jovens trabalhadores e jovens desempregados, com grande presença de jovens negros, mulheres e LGBT´s, num debate profundo sobre os grandes e entusiasmantes desafios colocados a nós e a todos que buscam construir uma nova alternativa de luta e organização da juventude.

O impulso da Faísca que somos está numa enorme vontade que desde as Jornadas de Junho em 2013 tomou toda a juventude, nós rompemos com a rotina e nos mostramos uma nova geração que tem muita força para lutar e questionar todas as velhas verdades. Às ameaças da crise capitalista, e aos planos dos governos de respondê-la colocando nossas cabeças como alvos, nós respondemos com discussão e mobilização nas ruas, escolas, universidades e até nas fábricas, sendo que o maior exemplo foi o grande movimento de ocupação de escolas em São Paulo, que contagiou todo o país, derrotou o governo Alckmin do PSDB e agora retorna com tudo para as ruas de São Paulo assim como a juventude do Rio de Janeiro que ocupa as escolas, faz greve e bloqueia as rodovias em aliança com os trabalhadores contra os ataques do governo Pezão do PMDB.

E Junho também abriu uma nova etapa política no país que tomou grandes proporções hoje com o curso de um golpe institucional ao qual nós jovens somos cobrados a opinar e agir. Assim como declaramos no dia de nossa fundação, queremos construir essa nova juventude para a nova situação política aberta, a nossa cor não é o verde e amarelo, não estamos junto com a direita reacionária e golpista do Congresso Nacional, não confiamos nem um milímetro sequer na Justiça arbitrária dos privilegiados e ricos e queremos furar o pato hipócrita da FIESP. Não engoliremos esse golpe porque a sua maior vítima não é nem de longe o governo do PT, que inclusive foi o próprio responsável pelo fortalecimento dessa direita que lhe ataca, ao se ligar a ela em busca da governabilidade contra a classe trabalhadora. A vítima que buscam para esse golpe é justamente nós jovens, os trabalhadores e a população mais pobre, pois querem com ele criar condições para nos atacar mais duramente.

A nova alternativa de organização que a Faísca se propõe ser parte ativa de construir no movimento estudantil e de juventude compartilha o sentimento de repulsa às supostas direções que são completamente alheias aos nossos interesses e verdadeiros obstáculos na luta contra os governos que precisamos derrotar. Por isso queremos superar essas velhas burocracias, como a UNE, a UBES e outras, e nos propomos construir entidades estudantis, Grêmios, Centros e Diretórios Acadêmicos que “saiam do script”, da passividade e submissão que é incapaz de articular a juventude para vencer. Da mesma forma os setores que se reivindicam de esquerda como o PSTU e até mesmo a juventude Juntos! do PSOL não são uma alternativa pois se mantém no “velho script” das direções petistas e pior que tudo: não se posicionara claramente contra a direita e o golpe institucional, ao contrário, fizeram coro com a direita.

Agora mais do que nunca queremos nos colocar nas ruas e em cada luta pra que possa vencer. Queremos enfrentar esta direita reacionária, machista, racista e LGBTfóbica nos combates da luta de classes, ao lado da classe trabalhadora. Enfrentar este sistema político que enche os políticos corruptos de privilégios pois somente mudança as peças não mudamos as regras do jogo de toda essa podridão. Queremos impor com a força da mobilização nas ruas uma Constituinte onde seja a população que decida os rumos do país. Somos uma juventude que quer acabar com este sistema capitalista e por isso somos uma juventude revolucionária, pela revolução socialista que só poderá ser levada adiante pelos trabalhadores.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias