Educação

UNIVERSIDADES FEDERAIS

Estudantes da Unipampa paralisam aulas pela abertura das planilhas orçamentárias

Em nota lançada ontem (10), os estudantes declararam a paralisação e saíram em defesa da universidade pública, pontuando os ataques orçamentários do governo e o projeto Future-se.

quarta-feira 11 de setembro| Edição do dia

Foto: Reprodução/Unipampa
Área de anexos

Em assembléia estudantil realizada na última terça-feira (10), os estudantes de história da Unipampa - Campus Jaguarão decidiram por paralisar as aulas até que as planilhas orçamentárias da universidade sejam abertas para serem discutidas com toda a comunidade acadêmica (alunos, professores, técnicos e terceirizados).

Com o atual governo, as universidades públicas e a educação de todo o país vem sofrendo massivos ataques orçamentários, como o corte das bolsas Capes e CNPq que já ultrapassam dezenas de milhares de bolsas de pesquisas cortadas desde o início do governo bolsonaro.

Os estudantes ainda citam o projeto Future-se, projeto que visa a inserção da iniciativa privada na dinâmica orçamentária das universidades públicas, avançando na sanha privatizadora em cima da educação pública por parte do atual governo.

Nota dos estudantes:

“Nota dos estudantes do curso de História - Campus Jaguarão da Universidade Federal do Pampa.

Nós estudantes do curso de História decidimos em assembleia estudantil realizada no dia de hoje (10/09) por paralisar as aulas até que as planilhas orçamentárias sejam abertas e discutidas com todas as categorias da Universidade (Docentes, Técnicos, estudantes e TERCERIZADOS) dos 10 campi.

Sabemos que os cortes feitos pelo governo federal e a proposta do projeto Future-se inviabilizam o funcionamento da universidade e atacam diretamente diretos que foram conquistados através de muita luta. Diante dessa conjuntura perversa nos faremos resistência e convidamos os outros cursos e categorias para que se somem em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade.

Salientamos que as aulas ocorrerão em forma de mobilização e atividades para os próximos dias. Estaremos produzindo sim! Nos apropriando do que é nosso por direito e não nos retiraremos! A próxima assembleia discente ficou marcada para dia 17/09/2019 para avaliação e definição dos próximos passos.”




Tópicos relacionados

Future-se   /    Governo Bolsonaro   /    Porto Alegre   /    Universidades Federais   /    Universidade   /    Educação   /    Movimento Estudantil   /    Juventude

Comentários

Comentar