×
Rede Internacional

Desigualdade capitalista | Enquanto população passa fome e pobreza aumenta, bilionário Jeff Bezos "passeia" pelo espaço

O burguês se tornou o homem mais rico do mundo sob as custas da exploração extremamente precária dos seus trabalhadores na Amazon, fazendo parte do 1% da população mundial que tem 45% da riqueza mundial, enquanto a maioria sofre com fome e Covid. Bezos faz parte dos 10 mais ricos do mundo, com riqueza capaz de financiar vacinas para todos os habitantes do mundo. O desprezo pelas vidas, usando seus lucros para "passeios" e outras banalidades em detrimento das vidas é a verdadeira face dos capitalistas.

terça-feira 20 de julho | Edição do dia

FOTO: SAJJAD HUSSAIN/AFP/Getty Images

Outro bilionário, Richard Branson dono da Virgin Galactic, fez seu primeiro voo na semana passada. Tanto Branson quanto Bezos pretendem explorar o mercado do turismo espacial. Enquanto isso, em documento divulgado em meados de outubro do ano passado, o FMI alertou que 90 milhões de pessoas podem cair na pobreza extrema, definida como vivendo com menos de US $ 1,90 por dia. No mesmo sentido, por sua vez, a Organização Internacional do Trabalho (OIT), registrou que a redução global das horas trabalhadas no segundo trimestre de 2020 em relação ao quarto trimestre de 2019 foi equivalente à perda de 400 milhões de empregos em tempo integral.

Desigualdade desenfreada: Elon Musk ganhou 7.200 milhões de dólares em um único dia

Os lucros dos dez mais ricos em 2020 poderiam pagar pelas vacinas do mundo todo
A fortuna de Bezos é estimada em US$ 202,7 bilhões pela Forbes, o que o faz ser o mais rico do mundo, à frente de Elon Musk, outro que está investindo no espaço.

Brasil lidera ranking de desigualdade: 1% mais rico concentra 49,6% da riqueza total

1% tem metade da riqueza enquanto maioria sofre com fome e Covid: capitalismo tem que acabar

Enquanto os lucros dos bilionários poderiam ser utilizados para salvar vidas, os mesmos seguem destilando o seu desprezo pelas vidas de milhões de seres humanos que sofrem com a pobreza, a fome e a miséria pelo mundo, realizando extravagantes passeios espaciais por meio de seus lucros bilionários auferidos através da exploração mais brutal da classe trabalhadora mundial, e que poderiam estar sendo usados para salvar as vidas das mesmas em meio à crise socioeconômica e pandêmica.

Bilionários ficam mais ricos em meio a crise social e sanitária na Índia




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias