×

ED RODOVIÁRIOS | Em Porto Alegre, Carris não irá cobrir linhas abandonadas pelas empresas privadas

A chantagem da empresa Trevo ameaçando entregar linhas alegando falta de diesel não garantiu a utilização da Carris para cobrir suas linhas. Em decisão divulgada agora a pouco, informado a nós por rodoviários, ficou definido que a Carris não vai cobrir as seguintes linhas da empresa trevo: 282,282.3,256, e até o momento não tivemos confirmação do futuro dessas linhas, se as empresas privadas garantirão ou não.

domingo 4 de julho | Edição do dia

Vale lembrar que a empresa trevo desde o início da pandemia se beneficiou das MPs do governo Bolsonaro, de milhões pagos pela prefeitura, dos plebiscitos nas garagens ( que reduziu o salário dos trabalhadores em 25%) e teve redução numa série de linhas e horários, resultando em muitas demissões.

Acreditar que essas empresas estão no vermelho sem abrir o livro de contas e investigar onde esta indo o dinheiro resultante de tantos benefícios, como isenção de ISSQN que tiveram até 2018, e desoneração da folha de pagamento desde o período de Dilma na presidência é no mínimo ingenuidade, um erro.

Acabaram de aumentar a tarifa, e ao que parece nada é suficiente. Nada basta para saciar a sede de lucro destas empresas. Ao que parece, Sebastião Melo está gastando muito mais tempo e recursos pra socorrer empresas privadas do que seria necessário pra resgatar a Carris e fazer um transporte 100% Carris, assumindo o controle do sistema de uma vez por todas.

A população não pode ficar refém da chantagem da patronal parasita desta cidade. Se está ruim pra eles, que saiam e deixem a categoria junto com os usuários tocarem o serviço.

Leia também: 6 motivos para lutar contra a privatização da Carris e desfazer as mentiras de Melo
e
Por que Sebastião Melo MDB quer vender a Carris




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias