×
Rede Internacional

Ensino precário | Doria gasta apenas 5% das verbas para melhorar estrutura física das escolas de SP

A gestão Dória quer a volta total do ensino presencial das redes públicas em agosto, e o que oferece é insegurança para alunos e servidores sem as reformas necessárias na infraestrutura.

terça-feira 20 de julho | Edição do dia

Apenas R$29 milhões dos R$567 milhões orçados foram utilizados em manutenção e ampliação física da rede escolar. O limite de estudantes é de 35% e Dória quer 100% da capacidade sendo aproveitada até agosto, um forte ataque à comunidade escolar que permaneceu desamparada na pandemia e agora tem de encarar uma volta integral sem as condições mínimas de segurança e infraestrutura.

No ano passado, a gestão Dória ficou R$ 80 milhões abaixo do orçamento previsto para essas manutenções, o que mostra qual é a política do governador do PSDB frente aos professores e comunidade escolar como um todo.

Dória determina a volta do ensino presencial no estado sem vacinação de alunos

A administração encerrou o ano passado com gastos em mais de R$ 80 milhões abaixo do orçado para esse mesmo fim. Também no ano passado, de acordo com pesquisas da equipe do deputado estadual Paulo Fiorilo (PT), Dória investiu apenas 1% do previsto para o auxílio aos estudantes com material didático e pedagógico, além de não executar as ações do Inova, que previa auxílio tecnológico aos estudantes no ensino remoto e híbrido.

Um grande ataque à comunidade escolar que vem se opondo fortemente contra a volta sem seguranças nas salas de aula que sequer possuem dados sobre quais reformas e melhorias foram feitas nas mais de 5.000 escolas que compõe a rede pública e que não possuem estrutura segura em meio à pandemia para servidores e alunos.

Dória faz demagogia ao colocar trabalho precário como benefício para a comunidade escolar

Descaradamente o governo, em nota, joga a responsabilidade em cima das diretorias dizendo que “Funcionários podem e devem cobrar os diretores de sua escola e os membros da Associação de Pais e Mestres, caso melhorias não estejam sendo feitas a contento”, como se o investimento previsto estivesse sendo aplicado!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias