×

POLÍTICA | Deputada bolsonarista gasta R$ 12,5 mil de dinheiro público em campanha por voto impresso

Deputada bolsonarista, Bia Kicis, gasta R$ 12,5 mil em campanha pelo voto impresso com verba parlamentar.

segunda-feira 24 de maio | Edição do dia

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

A deputada federal bolsonarista, Bia Kicis (PSL-DF), autora do projeto de lei que defende o voto impresso nas eleições, ao que tudo indica, tem investido tempo e dinheiro na busca de apoio ao projeto. Seguindo os caminhos da trupe bolsonarista propagadora de fake news, a parlamentar contratou duas empresas para ajudar na divulgação de conteúdo sobre o projeto, muitos com desinformação.

Em dezembro, Kicis contratou a Gohawk Tecnologia da Informação, por R$ 4,5 mil, para criar uma página de apoiadores e que dava acesso para um grupo no aplicativo de mensagens Telegram. Um mês depois, em janeiro, ela contratou a Inovatum Tecnologia da Informação para gerenciar o grupo de Telegram “VotoImpressoAuditável” por R$ 2 mil mensais com recursos da cota parlamentar. No total, a parlamentar bolsonarista já gastou até o momento R$ 12,5 mil da verba parlamentar na campanha pelo voto impresso.

No grupo criado no Telegram em 7 de abril, 125 mil pessoas já participaram e recebem diariamente mensagens que contestam a lisura do processo eleitoral sem quaisquer evidências concretas. Em um dos vídeos do grupo, a bolsonarista sugere de que não é possível ter certeza que o voto do eleitor vá para o candidato que ele realmente votou.

Mais: Entenda o que está por trás da polêmica do voto impresso




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias