Política

LEI DE SEGURANÇA NACIONAL

Depoimento de Boulos na PF é desmarcado: pela anulação de todo o inquérito!

O depoimento de Guilherme Boulos na Polícia Federal, em Brasília, foi adiado pela própria PF. Ele está sendo alvo de perseguição política, através de um inquérito por supostamente ter ameaçado Bolsonaro no Twitter.

quarta-feira 28 de abril| Edição do dia

(Foto: Reprodução)

A PF afirmou que não tinha nenhuma sala disponível em sua sede para que Boulos pudesse dar seu depoimento, pois Brasília, onde fica a sede instituição, está em lockdown. Isto foi informado nesta quarta (28/04), e não foi marcada uma nova data para o depoimento. Boulos havia sido intimado a depôr na semana passada.

Leia também: Bolsonaro e PF se utilizam da Lei de Segurança Nacional para perseguir Guilherme Boulos

O processo contra Boulos é mais um em uma série de processos baseados na Lei de Segurança Nacional, resquício da ditadura militar, que o governo Bolsonaro, mas também o STF, tem utilizado para intimidar e perseguir seus opositores. Por isso, é fundamental lutar pela anulação desta lei autoritária em sua totalidade, e a anulação do inquérito contra Boulos e contra todos os outros que estão sendo perseguidos.




Tópicos relacionados

LSN   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os golpistas   /    Família Bolsonaro   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Governo Bolsonaro   /    Guilherme Boulos   /    Polícia Federal   /    Jair Bolsonaro   /    Repressão   /    PSOL   /    São Paulo (capital)   /    Política

Comentários

Comentar