JORNADAS TROTSKI: MESA 17/08

Debate: “O legado de Trótski para responder a crise atual e a construção de um partido revolucionário”

No dia 17/8, próxima 2a-f., na semana em que se completam 80 anos do assassinato do revolucionário russo León Trótski por um agente de Stálin, o Esquerda Diário realizará esse debate com a participação de Plínio de Arruda Sampaio Jr. (Contrapoder e PSOL), Bernardo Cerdeira (PSTU), Carolina Cacau (MRT), Israel Dutra (MES-PSOL) e Michel Tunes (CST-PSOL), importantes dirigentes da esquerda socialista nacional.

quarta-feira 12 de agosto| Edição do dia

A atual crise econômica e social, aprofundada pela pandemia, vem sendo duramente descarregada pelas burguesias e governos capitalistas em todo o mundo, sobre a classe trabalhadora, os explorados e oprimidos, gerando enormes sofrimentos e miséria. Uma situação que mostra a urgência de uma resposta revolucionária e socialista, e da construção de um partido revolucionário. É com o sentido de debater a atualidade de seu legado para responder a essa situação que, na semana em que se completam 80 da morte de León Trótski, assassinado por um agente de Stálin em 20 de agosto de 1940, o Esquerda Diário promove o debate: “O legado de Trótski para responder a crise atual e a construção de um partido revolucionário”

O debate online ocorrerá no dia 17, às 20h, será transmitido pelo canal do Youtube do Esquerda Diário e contará com as presenças de:

Plínio de Arruda Sampaio Jr., Professor aposentado do Instituto de Economia da Unicamp, do PSOL e editor do Contrapoder

Bernardo Cerdeira, da direção nacional do PSTU

Carolina Cacau, dirigente do MRT

Israel Dutra, Secretário de relações internacionais do PSOL e da direção do MES

Michel Tunes, da Coordenação Nacional da CST




Tópicos relacionados

Ato internacional contra o racismo e violência policial   /    pandemia   /    Fora Bolsonaro, Mourão e os militares   /    Flavio Bolsonaro   /    Governo Bolsonaro   /    Crise capitalista   /    Trotskismo   /    Stalinismo   /    Racismo   /    Jair Bolsonaro   /    Trotsky

Comentários

Comentar