Política

PREFEITO DE SP

Covas se afasta da prefeitura de SP para tratar câncer e vice do MDB assumirá o cargo

O prefeito anunciou nas redes sociais o próprio afastamento neste domingo (02), quando também foi internado. O vice-prefeito Ricardo Nunes, do MDB, deve assumir o cargo após autorização da Câmara Municipal.

segunda-feira 3 de maio| Edição do dia

Foto: Acervo pessoal/Ricardo Nunes/Facebook

Acometido por um câncer no sistema digestivo, o prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas, anunciou pelas redes sociais neste domingo (02) que irá se licenciar por 30 dias para dar continuidade ao tratamento.

O ofício com o pedido de afastamento será enviado hoje (03/05) aos vereadores, quando também deve ser aprovada a passagem do cargo para o vice Ricardo Nunes, um velho conhecido e defensor dos empresários, além de ser bastante ligado à Igreja Católica.

Pode te interessar: Acompanhe as principais notícias da semana (25/04 - 01/05) no Esquerda Diário

Por diversas vezes, o ex-vereador atuou para barrar projetos de diversidade sexual, afirmando ser “pela família, gênero não”. Ricardo Nunes foi, à época, base do governo do PT de Fernando Haddad.

Em carta publicada nas redes sociais, Covas disse confiar no vice para dar continuidade “ao combate à pandemia e seus efeitos”. O estado de São Paulo, governado também pelo PSDB de Doria, chegou à marca de 97 mil mortes por Covid-19 e 2,90 milhões de casos.




Tópicos relacionados

COVID-19   /    câncer   /    Bruno Covas   /    Câmara dos Vereadores   /    João Doria   /    PSDB   /    MDB   /    Política

Comentários

Comentar