Sociedade

TARIFAS

Com novo ajuste, o assalto da Light neste já chega a 56%

sexta-feira 6 de novembro de 2015| Edição do dia

O presidente da Light, concessionária de energia elétrica no Rio de Janeiro, Paulo Roberto Pinto, disse nesta quinta-feira, 5, que a tarifa de energia da companhia neste ano subirá, ao todo, 56% na comparação com o ano passado. O cálculo inclui o reajuste extraordinário concedido em fevereiro, o aumento aprovado hoje e as bandeiras tarifárias, que acrescentam R$ 4,50 a cada 100 kWh de consumo. "Foi um índice bom, que cobriu os custos que a empresa teve e honrou em nome dos consumidores por algum tempo", comentou.

Bom para ele e os lucros dos acionistas da empresa. Este ajuste permitido pela Agência Nacional reguladora da Energia Elétrica (ANEEL) e pelo governo Dilma arrancam ainda mais dos salários dos trabalhadores cariocas. Este aumento extorsivo, um assalto, acontece em meio ao aumento do desemprego e perda da renda de todos trabalhadores pela via da inflação e por novos contratos que pagam menos que os anteriores.

Esquerda Diário / Agência Estado




Tópicos relacionados

Sociedade   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar