×

TAXAÇÃO DAS GRANDES FORTUNAS | Com demagogia, Guedes entrega novo projeto de imposto de renda que segue preservando as fortunas

Novo projeto de imposto de renda entregue ao Congresso traz ligeiro aumento da faixa isenta, enquanto segue preservando as grandes fortunas.

sexta-feira 25 de junho | Edição do dia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, entregou hoje ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), a proposta de reformulação das regras de tributação do Imposto de Renda de empresas e pessoas físicas.

O governo Bolsonaro faz grande alarde do aumento da faixa de isenção, que passará dos R$ 1,9 mil atuais para meros R$ 2,5 mil. Uma demagogia para desviar atenção da preservação das grandes fortunas, cuja tributação segue bastante aquém do que deveria, reafirmando o caráter regressivo do sistema tributário brasileiro de conjunto.

O governo não deverá dar o mesmo índice de correção do limite de isenção para as demais faixas do IRPF. Hoje, elas são de 7,5% (para ganhos entre R$ 1,9 mil e R$ 2,8 mil), 15% (de R$ 2,8 mil a R$ 3,7 mil), 22,5% (de R$ 3,7 mil a R$ 4,6 mil) e 27,5% (acima de R$ 4,6 mil). A última correção da tabela foi em 2015.

Enquanto isso milionários e bilionários que tem rendimento muito acima dos R$ 4,6 mil, pagam o mesmo percentual de 27,5%. Num momento em que a pandemia aumenta o fosso entre as classes no país, a taxação das grandes fortunas deveria ser uma medida elementar para impedir que enquanto milhares são jogados a fome, a quantidade de super ricos no país siga crescendo.

Veja mais: Número de super ricos no Brasil cresce 44% na crise: taxação das grandes fortunas já

Além disso, o[Quantos leitos e kits de teste do coronavírus poderiam ser pagos com as grandes fortunas?
governo vai reduzir também em 5 pontos a taxação do IR das empresas, que deve cair de 25% para 22,5%, em 2022, e para 20% em 2023. Ou seja, enormes benefícios para as empresas e os super ricos enquanto os trabalhadores ficam com as migalhas.

Como comparação veja aqui o que poderia ser feito com o aumento da taxação apenas das 20 maiores fortunas do país: 3 bilhões de kits de testes para o corona vírus; 900 mil novos leitos de UTI; 24 vezes o valor que o governo destinou ao SUS para lidar com a crise.

Pode te interessar: Quantos leitos e kits de teste do coronavírus poderiam ser pagos com as grandes fortunas?

Com informações são do jornal O Estado de S. Paulo.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias