Sociedade

ENCHENTES

Chuvas em Santa Catarina causam quarta vítima fatal

terça-feira 27 de outubro de 2015| Edição do dia

Ao tentar atravessar uma área alagada no bairro Barragem, no município de Rio do Sul (SC), no início da tarde desta segunda-feira (26), o jovem de 21 anos ainda não identificado afogou-se. É a quarta morte decorrente das chuvas em SC, segundo a Defesa Civil.
Acompanhado de dois homens em numa canoa que virou. Dois conseguiram nadar, mas o jovem segurar-se em um tronco e depois foi encontrado afogado.

A cidade está em situação de emergência desde o dia 21. O rio, que estava em 10,71 metros, agora está em 8,30 m. Segundo a Defesa Civil de Rio do Sul, a cidade deixará de ter ruas alagadas quando o nível do rio chegar a 6,5 metros.

Essa é a segunda morte por afogamento desde que as chuvas intensas começaram no Estado. Na noite do dia 17, José Ademir Moreira, 34, tentava atravessar a ponte do rio Argentina, em Três Barras, no norte do Estado, quando foi arrastado pela correnteza e morreu afogado.

Entre as vítimas fatais também está um trabalhador rural de Lebon Régis, que foi atingido por um raio ao se abrigar embaixo de uma árvore no último dia 8, e um jovem de 18 anos que, no dia 17, tocou uma cerca energizada por fios de alta de tensão de um poste derrubado por um vendaval em Balneário Piçarras, no Vale do Itajaí.

Segundo informações da Defesa Civil, o número de municípios com ocorrências devido às chuvas subiu para cem, sendo que 25 estão em estado de emergência. O total de afetados pela chuva é de 51.155 pessoas, 21.189 delas estão desalojadas (que tiveram de sair temporariamente de suas casas) e 1.873 desabrigadas (que perderam suas casas).

O estado de Santa Catarina já vem sofrendo com as consequências das fortes chuvas desde julho quando 80 mil alunos ficaram sem aula devido às fortes chuvas e alagamentos. Foi em torno de 63 municípios com as atividades afetadas pela chuva. Sem contar todos os prejuízos de milhões de reais com gastos de reconstruções de pontes e vias danificadas pela chuva.

Ainda há cerca de 500 pessoas desabrigadas em Rio do Sul

A previsão é de que as chuvas ainda continuem nesta semana com intensidade menor. Ainda há chances de granizo no oeste e no norte do Estado, as regiões mais afetadas nas últimas semanas, segundo o Centro de Informações de Recursos Ambientais e Hidrometereologia de Santa Catarina.

Todos anos muitos municípios de SC são fortemente prejudicados pela falta de infraestrutura que apresentam principalmente os bairros carentes. O governo mostra total negligência ao não garantir toda estrutura e prevenção necessária para evitar estragos, mortes e feridos quando chegam a temporada chuvosa​.​




Tópicos relacionados

Sociedade

Comentários

Comentar