Mundo Operário

Chapa 2: Nossa Classe em defesa das creches e da Escola de Aplicação

Declaração da Chapa 2: Nossa Classe que concorre nas eleições do sindicato dos trabalhadores da USP nos dias 27 e 28 de novembro.

terça-feira 26 de novembro de 2019| Edição do dia

A retoria da USP vem avançando contra direitos dos trabalhadores e estudantes, em especial das mulheres. A batalha pelo direito à creche é uma luta histórica das mulheres, que dependem dos ambientes escolares para que possam trabalhar.

O sucateamento e fechamento das creches é um ataque brutal às mulheres trabalhadoras, estudantes e professoras, bem como da Escola de Aplicação.

A defesa das creches e das escolas deve ser parte de uma luta do conjunto da categorias, trabalhadoras e trabalhadores, batalhando pela reabertura da Creche Oeste, que foi fechada pela Reitoria em 2017; bem como a ampliação de vagas nas creches e na Escola de Aplicação capaz de atender toda a demanda.

Como parte dessa luta, é preciso defender o direito dos trabalhadores da Escola de Aplicação, que tenham igual direito à recesso e pela efetivação de todos os temporários.

- Para saber o conjunto das ideias defendidas pela Chapa 2, acesse: Chapa 2 Nossa Classe: Em defesa do Sintusp, da educação e dos trabalhadores

- Curta a página no Facebook e siga no Instagram para acompanhar a campanha!




Tópicos relacionados

Eleições SINTUSP   /    luta por creches   /    SINTUSP   /    USP   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar