×

Preço dos alimentos | Cesta básica no ABC chega a R$ 1.090 enquanto a TOYOTA fecha fábrica histórica em São Bernardo

Trabalhadores passam fome e aperto com aumento dos preços dos alimentos enquanto TOYOTA quer fechar fábrica em São Bernardo do Campo para aumentar sua lucratividade.

segunda-feira 11 de abril | 13:56

O valor da cesta básica em março de 2022 chegou a R $1.090,53 no Grande ABC, o que corresponde a 90% do valor do salário mínimo (R$ 1.212). A alta foi de 8,16%, aumentando R$ 82,31 na comparação com fevereiro. O levantamento foi feito pela Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André) considerando os preços de 34 produtos de necessidade básica para o consumo de uma família com quatro pessoas, dois adultos e duas crianças.

O tomate foi o produto com maior aumento, com salto de 50% no valor. A carne bovina já vem se tornando artigo de luxo para a mesa dos trabalhadores, mas frango e ovos, que eram eram opções mais viáveis, agora também estão ficando cada vez mais caros, com aumento de 36,88% e 26,80%, respectivamente, neste levantamento feito no ABC.

E não foram só os alimentos que estão aumentando. O sabonete teve um aumento de 22,87% e sabão em barra 20,57%, ficando entre os produtos mais caros de março. “Geralmente, demoram para fazer ajustes. Entre os fatores justificados pelo mercado para o aumento dos preços estão a pandemia, as alterações climáticas que afetam a produção e agora a reacionária guerra na Ucrânia, suas decorrências geopolíticas e as sanções aplicadas à Rússia que atacam direito as condições de vida dos trabalhadores.

Enquanto isso, também no grande ABC, em São Bernardo do Campo, a TOYOTA está fechando uma fabrica histórica, ativa há mais de 60 anos, colocando em risco o emprego de 550 famílias. O motivo alegado pela empresa é “aumentar sua competitividade frente aos desafios do mercado brasileiro e da sustentabilidade de seus negócios no País”, ou seja, aumentar seus lucros buscando maior rentabilidade na exploração dos trabalhadores.

Veja mais: Nova manifestação de trabalhadores e famílias acontece contra fechamento da Toyota

A inflação no preço dos alimentos vem se tornando um problema nacional cada vez mais agudo, com mais da metade da população sendo assolada pela insegurança alimentar. os empresários só pensam em seus lucros e não hesitam em deixar famílias passando fome. É urgente unificar a luta dos trabalhadores, como os da TOYOTA, que vem se mobilizando contra o fechamento da fábrica em São Bernardo, para defender o emprego e exigir aumento automático dos salários automaticamente conforme aumente a inflação.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias