Mundo Operário

GREVE DA SAÚDE

Centro Acadêmico de Serviço Social da UERJ faz campanha de apoio à greve da saúde no Rio

O Centro Acadêmico de Serviço Social da UERJ (CASS-UERJ) iniciou uma campanha em apoio à greve dos trabalhadores da saúde no Rio de Janeiro.

sábado 7 de dezembro de 2019| Edição do dia

A campanha do CASS-UERJ, gestão Pra poder Contra Atacar, contará com a arrecadação de alimentos, distribuição de cartazes, fotos e vídeos. A ideia é que os cartazes circulem pelos trabalhadores dos serviços de saúde, usuários dos bairros próximos das unidades de saúde, locais de trabalho de outras categorias que apoiam e locais de estudo em apoio aos trabalhadores da saúde na cidade do Rio de Janeiro. Nesse momento, os trabalhadores da saúde estão em greve contra o atraso de salário, os cortes e a precarização do SUS. O CASS soltou nota pública de apoio a greve.

Natália Alexandre, coordenadora do CASS UERJ e estagiária no Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE), expressou seu apoio à greve: “É muito importante um curso como o Serviço Social, que tem uma atuação ligada às políticas públicas, sendo a saúde um importante campo de trabalho das assistentes sociais, colocar seu apoio aos trabalhadores que vem sofrendo ataques profundos do Crivella. Os salários estão atrasados e os cortes vêm precarizando os serviços. Essa política do prefeito dificulta o acesso da população à rede pela falta de insumos básicos e medicamentos. A importância de os estudantes, em especial de Serviço Social, se aliarem aos trabalhadores para defenderem a saúde pública gratuita e de qualidade e contra a precarização do trabalhado é fundamental para impulsionarmos uma forte luta em defesa da saúde e contra os ataques do Crivella no Rio de Janeiro"

O CASS UERJ também lançou um vídeo de apoio aos trabalhadores da saúde em greve:

Veja algumas das fotos da campanha:


Equipe do Serviço Social do HUPE

Equipe do Serviço Social do HUPE

Cartaz da campanha:




Tópicos relacionados

Greve na saúde do Rio   /    Greve   /    UERJ   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar