×

Golpismo bolsonarista | Cai quem quer: Bolsonaro dá a entender que não participará de eleição sem voto impresso

"Eu entrego a faixa para qualquer um se eu disputar eleição. Agora, participar dessa eleição com essa urna eletrônica...", disse Bolsonaro à sua base.

quarta-feira 21 de julho | Edição do dia

Foto: Reprodução YouTube

No seu "cercadinho" em frente ao Palácio do Planalto, Bolsonaro falou aos seus apoiadores na última segunda-feira, 19, e deu a entender que pode se negar a concorrer as eleições caso não haja voto impresso.

Sua pérola da vez foi "Olha, eu entrego a faixa para qualquer um se eu disputar eleição... Agora, participar dessa eleição com essa urna eletrônica...". Além de dizer que "eleição sem voto auditável não é eleição, é fraude", pois os votos serão auditados "pelas mesmas pessoas que liberaram o Lula e o tornaram elegível".

Ele também voltou a denunciar o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, dizendo que ele interferiu no Poder Legislativo para barrar o voto impresso no Congresso. Bolsonaro havia feito em seu Twitter um post que dá a entender que Barroso foi chantageado por José Dirceu (do PT, que está preso) em troca de sigilo de vídeo pornográfico.

Há alguns dias, ele disse que "ou fazemos eleições limpas no Brasil ou não temos eleições". Essa declaração foi logo após o centrão e o bolsonarismo manterem a PEC do voto impresso viva no Congresso.

Veja também: Entenda o que está por trás da polêmica do voto impresso




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias