Mundo Operário

CORONAVÍRUS

Bolsonaro proíbe greve do telemarketing, mas ele mesmo desrespeita a quarentena

domingo 22 de março| Edição do dia

Em uma tentativa espúria de atacar o direito de protesto, Bolsonaro assina decreto que enquadra call centers como “serviço essencial”. Medida vem logo em seguida a uma série de manifestações de trabalhadores do setor, que vem denunciando o descaso e o assédio das empresas.

De acordo com a definição da constituição brasileira, “serviços essenciais” são serviços ou atividades essenciais as indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade, assim entendidas as que, não atendidas, coloquem em perigo iminente a sobrevivência, a saúde ou a segurança da população. É um conceito utilizado pela justiça burguesa para dificultar e até mesmo proibir a paralisação de determinados setores dos trabalhadores. A inclusão se deu logo após um protesto de trabalhadores das principais centrais de telemarketing do Brasil.

O protesto aconteceu após inúmeras denúncias dos trabalhadores de ambulatórios negligentes, falta de alcool gel, omissão de informações, assédio e até mesmo ameaça de justa causa. Claramente a inclusão deste setor no decreto que trata dos serviços essenciais durante a crise do Corona Vírus é o governo Bolsonaro aproveitando o momento para realizar mais um ataque aos trabalhadores com seu autoritarismo.

Nós do Esquerda Diário estamos acompanhando a luta destes trabalhadores e disponibilizando a nossa tribuna para denuncias. Não podemos esperar que dos governos a resolução desta crise, é preciso que os trabalhadores tomem essa luta nas mãos. Nossa Saúde vale mais que o lucro deles!

* * * * * * * * *
CORONAVÍRUS: ENVIE SUA DENÚNCIA
Contato / WhatsApp / Signal / Telegram: +55 11 97750-9596
E-mail: [email protected]
Contribua com o Esquerda Diário!
Siga o Esquerda Diário nas redes sociais!
Youtube: Esquerda Diário
Instagram: @EsquerdaDiarioOficial
Twitter: @EsquerdaDiario
Facebook: Esquerda Diário




Tópicos relacionados

Coronavírus   /    Call Center   /    Telemarketing   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar