Internacional

BOLSONARO NOS EUA

Bolsonaro diz apoiar o atroz muro de Trump contra os imigrantes latinos

Em entrevista à emissora de televisão estadunidense Fox News ontem, segunda (18), Bolsonaro afirmou que a maioria dos imigrantes “não possui boas intenções”, apoiando Trump na construção do muro na fronteira com o México.

terça-feira 19 de março| Edição do dia

A emissora de televisão Fox News é conservadora e considerada apoiadora do governo de direita de Donald Trump. Na entrevista, Bolsonaro disse que “a maioria dos imigrantes não têm boas intenções” e desafiou os que são contrários à construção do muro a tirar as portas de duas casas, para dizer em nome de seu governo: “Nós concordamos com a proposta de Trump sobre o muro”, reafirmando a posição de Eduardo Bolsonaro, que já tinha dito em Miami que era favorável e mais recentemente disse que os imigrantes brasileiros ilegais são uma vergonha.

Uma das últimas movimentações de Trump para tentar articular essa medida xenófoba foi a declaração de, mesmo em meio ao shutdown (congelamentos de gastos do governo) em meados de fevereiro, emergência nacional para a construção do muro.

A construção do muro é parte do pacote de promessas eleitorais de Trump para agradar sua base. Serve para criminalizar os imigrantes da fronteira mais movimentada do mundo, onde atravessam um milhão de pessoas ilegalmente todos os dias em busca de emprego.

Bolsonaro já havia declarado sua convergência xenófoba com Trump quando Ernesto Araújo, o chanceler, anunciou pelo Twitter que o Brasil sairia do Pacto de Migração da ONU. Isso aconteceu após os ataques aos imigrantes venezuelanos na fronteira de Roraima. Bolsonaro defendeu a criação de campos de concentração para receber esses refugiados, talvez inspirado em Trump mais uma vez, que enjaulou crianças imigrantes nos EUA.

De fato, Bolsonaro é o “capacho emérito” de Trump, e essa visita serve para fortalecer a aliança para recolonizar a América Latina e submeter os sul-americanos à repressão e aos ataques econômicos e democráticos para descarregar a crise em nossas costas.




Tópicos relacionados

Encontro Trump e Bolsonaro   /    Jair Bolsonaro   /    Donald Trump   /    Internacional

Comentários

Comentar