Política

NEGACIONISMO

Bolsonaro comunica que ordenou Queiroga a desobrigar o uso de máscaras por vacinados e curados

Anúncio de que o ministro da Saúde irá assinar um parecer negacionista para desobrigar vacinados e recuperados da Covid-19 a usarem máscaras se deu hoje, quinta-feira (10), em evento no Planalto.

quinta-feira 10 de junho| Edição do dia

Em evento do Ministério do Turismo, no Planalto, Bolsonaro anunciou que ordenou Queiroga a desobrigar o uso de máscaras por vacinados e curados da Covid-19. Não explicou como se dará a autorização, pois não existe norma federal que regulamente o uso de máscaras. Estima-se que a medida visa passar por cima de decretos estaduais e municipais.

Integrantes do Ministério da Saúde comunicaram à veículos de imprensa que desconhecem o decreto mencionado por Bolsonaro e que o ministério avalia soltar uma nota à imprensa para esclarecimentos. Marcelo Queiroga, por outro lado, se referiu ao decreto em suas redes sociais apenas como um "pedido de estudo".

Leia também: A vacinação não pode depender da negligência assassina de Bolsonaro nem dos lucros da Pfizer

Se aproveitando da decisão do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, que recentemente liberou da obrigatoriedade do uso de máscaras nas ruas e em ambientes coletivos internos para as pessoas que receberam as duas doses da vacina, Bolsonaro avança com seu negacionismo que leva o país à marca de meio milhão de mortes pelo vírus.

Segundo especialistas, a imunidade coletiva, de que Bolsonaro tanto fala, só ocorrerá quando a maioria da população for vacinada. Além disso, já é comprovada a possibilidade de reinfecção pelo vírus, principalmente diante de novas variantes.

Leia também: Frente às novas cepas e à terceira onda da covid, lutar pela quebra das patentes já!




Tópicos relacionados

Marcelo Queiroga   /    Bolsonaro   /    Ministro da Saúde   /    Negacionismo   /    COVID-19   /    bolsonarismo   /    Coronavírus   /    Ministério da Saúde   /    Saúde   /    Política

Comentários

Comentar