×

JUSTIÇA POR MIGUEL | Ato por Justiça por Miguel acontece no Recife no aniversário de 1 ano de sua morte

A manifestação, que ocorreu na tarde desta quarta-feira (02/06), reuniu centenas de pessoas e foi convocada por Mirtes Renata, mãe de Miguel, e familiares do menino. Diversas organizações de esquerda estiveram presentes, como o Esquerda Diário e o Pão e Rosas.

quarta-feira 2 de junho | Edição do dia

O ato se concentrou a partir das 14h no Palácio de Justiça e marchou pelas ruas do Centro do Recife até as chamadas "Torres Gêmeas" no Recife Antigo, prédio onde mora Sarí Corte Real e onde Miguel foi morto.

A manifestação passou em frente a Ocupação Leonardo Cisneiros, e deram apoio a luta por moradia, recebendo apoio de volta na forma de palmas e de panelas batendo, em uma importante demonstração de unidade.

Leia também: #JustiçaporMiguel: twittaço expõe caráter racista da justiça burguesa e luta pela memória de Miguel

Ao final do ato, em frente as Torres Gêmeas, foram feitas falas que reivindicavam justiça por Miguel, vítima do racismo do sistema capitalista, e denunciando que o Judiciário vem fazendo manobras para proteger Sarí Corte Real, patroa de Mirtes que a obrigava a trabalhar em meio a pandemia, e responsável pela morte de Miguel.

Esta semana em que se completa 1 ano da morte de Miguel, está sendo a #SemanaMiguel, organizada por Mirtes Renata como parte de sua incansável luta por justiça e contra o racismo da elite escravocrata brasileira, luta que o Esquerda Diário dá todo o apoio.

Cristina Santos, Do Pão e Rosas, que esteve no ato, deu a seguinte declaração para o esquerda diário:

"Estamos aqui no ato hoje, depois um ano sem Miguel, lutando por justiça, apoiando Mirtes e sua família, pois sabemos que não podemos confiar nesse judiciário racista que inclusive segue processando os presos políticos da manifestação do dia 29M. Continuaremos ao lado de Mirtes lutando por justiça por Miguel confiando na força da nossa mobilização."

Leia também: Dossiê #JusticaporMiguel: impor justiça por todas as vítimas da violência racista!




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias