×
Rede Internacional

CONSERVADORISMO | Absurdo: em SP projeto que visa abstinência sexual para adolescentes será votado quinta-feira

Rinaldi Digilio, vereador pelo PSL, é autor do projeto conservador “Escolhi Esperar” que será votado em segundo turno. Com o pretexto de se preocupar com a prevenção à gravidez, o projeto visa escalonar ainda mais o controle sobre os corpos das mulheres.

terça-feira 15 de junho | Edição do dia

A votação em primeiro turno foi ano passado, onde o projeto previa apenas uma semana de conscientização à gravidez precoce. Agora, antes de ser votado em segundo turno, o projeto é alterado para ter caráter permanente, com atividades ao público-alvo e o absurdo “monitoramento de possíveis casos para avaliação e cuidado”, o que na prática resulta em uma opressão ainda maior sobre os corpos das mulheres. Rinaldi diz que “o próprio Executivo sugeriu que deixasse de ser apenas uma data comemorativa”.

Rinaldi afirma à lá Damares Alves que a menina precisa “se preservar”, e que pela “relação com Deus” ela pode esperar para ter uma relação sexual. Essa guinada extremamente conservadora tem total apoio da Prefeitura, que emitiu parecer favorável ao projeto, tendo como relator Fábio Riva (PSDB), líder do governo.

Nada de educação sexual nas escolas para decidir, contraceptivos para não engravidar e aborto legal, seguro e gratuito para não morrer, o que seriam medidas realmente efetivas contra a gravidez precoce. Rinaldi junto com os conservadores preferem jogar toda a culpa em cima das meninas, enquanto milhares delas são mortas todos os anos por abortos clandestinos.

Veja também:
Lutar por aborto legal, seguro e gratuito contra os retrocessos de Bolsonaro e Queiroga
Aborto legal: quem faz história?




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias