×

Cenas apocalípticas | 5 estados já registram sinistras tempestades de areia: SP, Goiás, MS, MG e Maranhão

Internautas comparam Brasil ao Mad Max, Armagedon ou ao filme Interstelar. Vídeos no twitter mostram desespero da população e falta d’água já é uma realidade para milhões. A verdade é que a crise hídrica aliada à devastação ambiental de um capitalismo irracional está gerando fenômenos inéditos em algumas cidades.

sexta-feira 1º de outubro | Edição do dia

O fenômeno que aterrorizou a cidade de Franca na semana passada com uma tempestade de poeira horripilante está chegando em outras regiões do país. Até agora foram registrados 4 estados diferentes: Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo.

Além das cenas assustadoras, a tempestade de poeira e vento destelhou casas, derrubou árvores e chegou a tombar um caminhão na região próxima a Presidente Prudente. Tivemos conhecimento do fenômeno aterrisar nas seguintes cidades paulistas: Franca, Bauru, Dracena, Tupi Paulista, Andradina, Penápolis, Barretos, Araçatuba, Jales e Presidente Prudente.

Parece o fim do mundo. Não é o fim do mundo, de fato, ainda. Mas a depender do capitalismo, certamente será o fim do mundo que conhecemos à médio prazo. Particularmente, este fenômeno é ligado aos meses de seca que, durante ventania, ergue a poeira do chão formando uma coluna imensa de areia e poeira que tudo invade.

- Leia mais: 2 milhões estão sem água no interior de São Paulo

Veja vídeo tenebroso de Andradina:

Cidades de Minas Gerais, próximas à divisa paulista, também registraram o fenômeno.

Mas as razões de fundo são mais complexas. A desertificação de áreas do sudeste e centro-oeste brasileiro é uma realidade. Inúmeros fatores agravam a situação, como a devastação da floresta amazônica (que reduz a precitipitação que se dirige ao sul e sudeste), à urbanização desenfreada e anárquica, ao aumento gradual da temperatura do planeta (aquecimento global), entre outros.

Algumas localidades já batem 180 dias sem chuvas e rios e lagos estão secando. A comparação com os filmes não é casual, pois para Hollywood é mais fácil imaginar o fim do mundo do que o fim do capitalismo, mas se o capitalismo está destruindo o mundo, então destruamos o capitalismo!

O vídeo de Dracena parece um filme de terror. Veja abaixo:

Em Goiânia a cena apocalíptica também ocorreu, como se vê no tweet de perfil Leleu Vilela abaixo:

Até o Maranhã virou palco de um filme tipo Armagedon, no município de Grajaú:




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias