×

Covid-19 | 5ª onda de covid se aproxima da Europa

A Áustria é o primeiro país a realizar o 4º lockdown com temor da quinta onda de covid. O país também tornará a vacina obrigatória a partir de primeiro de janeiro. Na Alemanha, Merkel diz que medidas restritivas atuais não serão suficientes para conter surto de infecção.

terça-feira 23 de novembro | Edição do dia

Comunicado gerou revolta da extrema direita nas ruas levando um total de 40 mil pessoas que protestaram na Áustria, setor esse responsável pelo país ter um dos menores índices de vacinação da Europa ocidental, apenas 66% da população com as duas doses. O lockdown que começou segunda-feira (22) está previsto para 10 dias, 20 se necessário. "É uma situação na qual temos que reagir agora", disse Wolfgang Mueckstein, ministro da saúde, à ORF TV na noite de domingo. "Um lockdown, um método relativamente duro, uma marreta, é a única opção para diminuir os números [de infecções] aqui." Lockdown este que é uma medida estatal autoritária, na qual a polícia tem carta branca para reprimir ainda mais e cercear o direito de ir e vir da população mais pobre.

Na Alemanha, Merkel diz que as restrições atuais “não são suficientes diante da situação dramática” provocada pelo surto de infecções de Covid. Durante a reunião com os dirigentes de seu partido, Merkel solicitou a todos os estados da Alemanha para que tomem medidas mais duras de restrição contra o coronavírus ainda essa semana.

A Eslováquia também começou um confinamento nesta segunda-feira, que é destinado apenas para as pessoas que não se vacinaram, informou o ministério da Saúde. As pessoas não vacinadas serão proibidas de entrar em lojas que não sejam consideradas essenciais, mesmo se eles apresentem um teste de coronavírus cujo resultado é negativo. "Recorremos a um confinamento vigoroso dos não vacinados, porque temos de protegê-los", disse o primeiro-ministro Eduard Heger à emissora pública RTVS. O país possui hoje a quarta maior taxa de infecção do mundo, com 917 novos casos de covid a cada 100 mil habitantes nos últimos sete dias, de acordo com a AFP. A Eslováquia fica atrás apenas da Eslovênia, Áustria e da República Tcheca.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias