www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Lunes 3 de Agosto de 2020
18:09 hs.

Twitter Faceboock
FINANCIAMENTO ILEGAL
Nova operação da PF, Hidra de Lerna, visa governador da Bahia, Rui Costa (PT)
Redação
Ver online

Nova operação da Polícia Federal, Hidra de Lerna, investiga um suposto esquema de financiamento ilegal de campanhas políticas na Bahia e de fraudes em contratos envolvendo o Ministério das Cidades durante o governo Lula e Dilma.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), a OAS, o ex-ministro das cidades do governo Lula, Marcio Fortes, o ex-ministro das cidades de Dilma Mário Negromonte (PP) e a empresa de propaganda Propeg estão sendo visados. Os alvos de busca e apreensão dessa manhã foram o diretório do PT na Bahia e a empreiteira OAS.

O nome Hidra de Lerna faz referência ao monstro de três cabeças que quando uma cabeça é cortada, surgem outras duas. Tal nome se deu por conta de outra operação que estava sendo feita pela Polícia Federal, a Operação Acrônimo, que ao que tudo indica levaram às investigações que resultaram na ação dessa manhã de terça-feira.

Segundo a PF, a empreiteira OAS teria contratado, de maneira fictícia, empresas de comunicação especializadas em campanhas políticas para direcionar dinheiro diretamente aos partidos políticos, ao invés da construtora.

O outro esquema estaria relacionado a uma licitação fraudulenta envolvendo o Ministério das Cidades e uma empresa de publicidade, a Propeg. Foi firmado um contrato entre os dois no valor de R$ 45 milhões. Supostamente Mário Negromonte e Márcio Fortes teriam recebido propina para favorecer essa empresa na licitação.

Os dois esquemas estariam conectados pois fariam parte de uma triangulação de corrupção a fim de financiar ilegalmente campanhas políticas, como a de Rui Costa.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui