www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Martes 21 de Mayo de 2019
07:26 hs.

Twitter Faceboock
BÔNUS OU REAJUSTE?
Secretário de Educação, um cara de pau!
Márcio Barbio
Ver online

Em entrevista realizada na tarde de ontem (30), a rádio CBN o Secretário Estadual de Educação José Renato Nalini declarou que, devido a queda da arrecadação, os professores da rede estadual de São Paulo teriam que escolher entre um mísero, ridículo, insignificante e humilhante reajuste de 2,5% linear para todos ou o pagamento de um bônus, cujo valor reservado é de 500 milhões de reais, isto é, a metade do valor do ano passado.

O Sr. Secretário é de uma cara de pau sem tamanho, basta lembrar que quando magistrado, o então desembargador José Renato Nalini, declarou ser legítimo um Juíz receber auxílio moradia, mesmo trabalhando em sua cidade de origem, o que faz que seus rendimentos cheguem a R$30 mil.

Pois bem, esse mesmo senhor apela à responsabilidade dos professores, para que nós agíssemos com solidariedade ao conjunto da população, uma vez que para reajustar os salários corroídos por quase 15% somente nos últimos 18 meses, teriam que aumentar a tributação causando mais desemprego no estado, uma estafa total. Perguntamos a José Renato se ele esta disposto a ter um ato de solidariedade e abrir mão de parte de seus salários, vencimentos esses que excedem o teto salarial para funcionários públicos, situação bem diferente de nós professores que amargamos ano após ano arrocho salarial que nos obriga a ter dois cargos ou lecionar em mais de uma rede.

Isso soa ainda mais provocativo um dia após a prisão de seis envolvidos na fraude da merenda, incluindo vários nomes ligados ao Governador Geraldo Alckmin, Fernando Capez, presidente da Assembléia Legislativa e homem de confiança do governador, que só não foi preso por ter foro privilegiado.

Ou seja, a corrupção, como todos estão cansados de saber, não é exclusividade do Governo Dilma, Lula e do PT, atinge a todo o regime político que é carcomido até a medula por interesses das empresas e seus agentes.

Por sua vez a burocracia nefasta e mesquinha da chapa 1 CUT-PT, que dirige a década nosso sindicato, só faz firula como explicamos em outro artigo também publicado no ED. Não podemos escolher entre um bônus rebaixado pago a poucos e de forma não muito clara e um reajuste salarial de 2,5%, como quer o secretário. É preciso colocar o bloco na rua, passando por cima da direção da APEOESP que nada faz e impondo um plano de luta para valer, que uma professores, pais e os heroicos secundaristas, para mais uma vez enfrentar esse governo nefasto de Alckmin.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui