www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Viernes 14 de Agosto de 2020
02:44 hs.

Twitter Faceboock
ENEM
Com atendimento diferenciado, Weintraub diz que vai revisar nota de filha de apoiador
Redação
Ver online

Enquanto estudantes tiveram seus perfis do Twitter bloqueados por reclamarem de erros em suas notas da prova do ENEM, mostrando o descaso pelos estudantes, o ministro Weintraub responde de forma individualizada e de prontidão a solicitação de análise da prova da filha de um apoiador seu.

A semana passada foi marcada pelos inúmeros erros do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) deixando milhares de estudantes, que desejam ingressar nas universidades, além das dificuldades em furar o filtro elitista do vestibular, em situações de estresse e desespero.

Os problemas foram tantos e a indignação dos estudantes tamanha que as redes sociais foram marcadas pelas declarações e hashtag como #erronosisu, que ficou no range dos assuntos mais comentados no Brasil na última sexta-feira (24/01). Estudantes usaram da rede social Twitter também para questionar o ministro da educação, Abraham Weintraub, que em atitude desesperada acabou bloqueando inúmeros perfis, alegando que as reclamações eram oriundas de pessoas vinculadas a partidos radicais de esquerda. Essa declaração juntamente com o escândalo que tomou as provas do ENEM, deixam ainda mais claro que os ataques a educação continuam e se aprofundam e que o prejuízo de no mínimo alguns milhares de estudantes valem em pro do sucateamento da educação.

De acordo com a Folha de S. Paulo, a assessoria do INEP alegou que vem revisando a prova de todos que reclamam informalmente, mas que não dá respostas individualizadas. Entretanto, esta declaração veio devido a resposta de prontidão feita tanto pelo ministro quanto pelo presidente do INEP, Alexandre Lopes, a uma reclamação feita pelo perfil do Twitter de um pai de uma estudante.

Essa situação chama atenção pois, segundo o órgão oficial, a revisão das provas de todos os alunos foi feita em tempo recorde, na semana passada, tendo a alteração das notas de aproximadamente 6 mil estudantes, somente. E, de acordo com nota publicada pelo INEP após a apresentação das alterações, as revisões garantem a execução tranquila e normal do SISU.

Com tal situação, verifica-se que aqueles que estão alinhados com o projeto do governo tem suas vantagens garantidas, enquanto milhares de estudantes mau terão certeza de seu futuro no ensino superior. Ou seja, tudo isto, na realidade, responde ao projeto de Weintraub e Bolsonaro, que tem um ódio muito concentrado contra as instituições de ensino público, praticando a perseguição ao pensamento científico e a qualquer produção que tenha um olhar mais realista acerca dos problemas da grande maioria do povo.

Leia a declaração da juventude Faísca sobre os erros no ENEM

Frente aos erros no ENEM, defendemos a necessidade de uma investigação independente com a participação das entidades estudantis, sindicais, professores e representantes dos movimentos sociais para assegurar que de fato se busque resolver o drama de milhares de estudantes e a garantia da lisura do processo o mais rápido possível. Até que isso ocorra os prazos de inscrição no SISU e nas universidades que utilizam a nota do ENEM para seleção deveriam ser revistos para que nenhum estudante seja prejudicado ainda mais. Sendo também absurdo que esse ministro, que já demonstrou diversas vezes como não se importa com os estudantes, continue a frente do Ministério da Educação, por isso defendemos o Fora Weintraub! Leia mais aqui.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
[email protected]
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui