www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Viernes 21 de Febrero de 2020
15:38 hs.

Twitter Faceboock
CENSURA
Governo censura exibição de filme ’A Vida Invisível’ organizada por trabalhadores da Ancine
Redação

Filme "A Vida Invisível" é censurado por governo em mostra que seria realizada nesta quinta-feira (12) para funcionários da Ancine. A exibição é parte de uma agenda dos trabalhadores que atuam no planejamento de políticas pública de fomento à cultura.

Ver online

A Secretaria de Gestão Interna da Ancine vetou a exibição do filme ’A Vida Invisível’, do diretor Karim Aïnouz, para servidores da agência.

A exibição tinha como objetivo a capacitação dos funcionários que trabalham no órgão responsável por planejar políticas públicas de cultura e por fiscalizar a indústria cinematográfica nacional.

O filme censurado está inscrito para uma disputa no Oscar em 2020 na categoria de filme estrangeiro. "A Vida Invisível" tem repercutido bastante, coloca reflexões sobre questões políticas e sociais, sobre os aspectos de opressão de gênero, narradas pela vida de três mulheres.

Veja também: Bolsonaro segue ataques e transfere mais 7 órgãos de cultura para o Turismo, incluindo Ancine

Trabalhadores da Ancine declararam anonimamente que a mostra ocorreria nesta quinta-feira, 12 e foi boicotada. O ator e comediante Gregório Duvivier declarou em seu Twitter que: "...exibição gratuita d’A Vida Invisivel foi cancelada pela Ancine. Motivo alegado: a nova diretoria me odeia e acha que Rodrigo Teixeira é “comunista”. Funcionários estão planejando uma projeção na rua".

A censura contra artistas e produções culturais não é uma novidade do governo Bolsonaro, que sucessivamente ataca órgãos de fomento à cultura, como os cortes contra a Ancine e a demissão da diretoria da Funarte.

A Funarte, por exemplo, será assumida por Dante Mantovani, um maestro com discursos completamente alucinados em seu canal no YouTube, afirmando que as músicas da banda inglesa "The Beatles" levaria jovens ao aborto e satanismo.

Veja também: Diretoria da Funarte é demitida por censura de Bolsonaro e Alvim, pela readmissão já!


Cena do filme "A Vida Invisível"

Por outro lado, seguem buscando contar a história do país em base à fake news, negando a luta de centenas de milhares contra a ditadura militar e reforçando a herança deste regime responsável por centenas de mortos.

Veja também: Cancelado lançamento do filme Mariguella no Brasil. Burocracia à serviço da censura.

Bolsonaro e seu governo reacionário nega acesso à cultura aos trabalhadores e jovens, buscando emplacar um discurso conservador e reacionário, enquanto atacam os direitos trabalhistas, impondo condições de miséria para centenas de trabalhadores. Não podemos nos calar enquanto Bolsonaro segue sua cruzada ideológica atacando todo os setores do fomento à arte e cultura do país para convertê-los em templos da ignorância e do pensamento superado.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui