www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Jueves 12 de Diciembre de 2019
00:59 hs.

Twitter Faceboock
NOVA REFORMA TRABALHISTA
Em nova rodada de reforma trabalhista deputados podem aprovar trabalho aos domingos
Redação

O secretário do trabalho no ministério da economia, Bruno Dalcolmo, declarou que na nova rodada da reforma trabalhista que quer fazer o governo “há espaço para qualquer tipo de proposta” entusiasmando os que querem retirar o direito de descanso de domingo aos trabalhadores.

Ver online

O grupo de trabalho criado pelo governo Bolsonaro há dois meses agora avança para entregar seus primeiros relatórios e fazer sair uma nova rodada de ataques aos trabalhadores. Como se já não bastasse a Reforma da Previdência, a MP881 e o conjunto de ataque que quer fazer Paulo Guedes aos servidores, saúde e educação, Bolsonaro e os seus seguem sedentos para sugar tudo dos trabalhadores.

O secretário de trabalho de Paulo Guedes, Bruno Dalcolmo é quem coordena os relatórios preliminares dos núcleos de estudos. O núcleo de estudos de Ives Gandra Martins Filho, ministro do TST, reconhecidamente contra os direitos das mulheres, lgbts e trabalhadores já enviou seu relatório ainda sem tornar nenhuma informação pública.

A Folha de São Paulo em nota, já coloca como essa nova rodada da reforma trabalhista entusiasmou os defensores de que os trabalhadores não tenham direito de folga aos domingos. Essa medida pode ser parte dessa nova rodada e entrar como parte do pacotão de ataques de Paulo Guedes e Bolsonaro aos trabalhadores.

O único caminho que pode responder a esses ataques é que os trabalhadores e a juventude se coloque em cena. Para isso, é preciso que as entidades estudantis e sindicais, junto a movimentos sociais, chamem a mobilização, exigindo que as centrais sindicais como a CUT e CTB rompam a paralisia e impulsionem a organização da mobilização.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui