www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Miércoles 23 de Octubre de 2019
02:01 hs.

Twitter Faceboock
GOVERNO BOLSONARO
Escândalos de caixa dois envolvendo PSL chegam a Bolsonaro que pede para que "Esqueçam o PSL"
Redação

Escândalos envolvendo crimes eleitorais durante a campanha de 2018 acertaram em cheio o partido, e como não poderia ser diferente, até mesmo o presidente Jair Bolsonaro, que em vídeo pede à apoiador que "esqueça" a legenda.

Ver online

O PSL vem enfrentando rachas e turbulências internas, com rompimentos de figuras do partido em diversos estados. Escândalos envolvendo crimes eleitorais durante a campanha de 2018 acertaram em cheio o partido, e como não poderia ser diferente, até mesmo o presidente Jair Bolsonaro.

As denúncias de crimes eleitorais feitas pelo Ministério Público Eleitoral ocorreram na última sexta-feira (4/10), quando o Ministro do Turismo do governo Bolsonaro, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), foi acusado por falsidade ideológica, apropriação indébita eleitoral e associação criminosa. Segundo a denúncia, o PSL inscreveu candidatas mulheres sem a intenção que as mesmas fossem eleitas, usando-as como "candidaturas laranjas".

Saiba mais: Judiciário beneficia ministro de Bolsonaro com sigilo de processo que apura candidaturas-laranja do PSL

Uma apoiador de Bolsonaro chegou até Jair Bolsonaro e se declarou como "pré candidato do PSL pelo Recife" e afirma que estará "pelo Recife ao lado de Bivar", atual presidente do PSL. Bolsonaro respondeu "esquece o PSL" e afirmou que essa legenda está queimada.

Apesar do porta-voz de Bolsonaro afirmar que não há discussões em curso sobre uma possível saída do partido pelo qual se elegeu, Bolsonaro pediu que o garoto apagasse o vídeo e sua afirmação contrasta com o que afirma sua assessoria.

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, recomendou que Bolsonaro permanecesse "forte e unido", para garantir a agenda de ataques do governo. Major Olímpio, deputado do PSL, declarou estar surpreso com a declaração do presidente.

Diante da evidência dos escândalos que rondam o presidente e seu partido, Bolsonaro tenta se afastar dos fatos e recebe apoio do Judiciário golpista, que em um momento de apoio ao presidente decretou sigilo absoluto do processo. Trata-se de mais um fato escandaloso que evidencia a pactuação entre os poderes da República em prol de impor o projeto de reformas contra os trabalhadores.

As eleições de 2018 foram completamente manipuladas pelo Judiciário com a prisão arbitrária de Lula e uma série de intervenções e ingerências que comprovaram uma espécie de "vale-tudo" pelo projeto do golpe institucional, impedindo um direito mínimo da população decidir em quem votar enquanto fechava os olhos para escândalos de corrupção por parte da extrema direita. É preciso exigir a liberdade imediata de Lula, sem nenhum apoio político ao PT e seu projeto de conciliação com os golpistas que nos lugares onde governam como é o caso do Nordeste, atacam a educação com corte de ponto aos professores grevistas, adesão a militarização das escolas e apoio a reforma da previdência. Isso junto ao questionamento mais profundo do caráter manipulador do judiciário no regime político e a validade dessas eleições.

Veja o vídeo:

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui