www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Domingo 22 de Septiembre de 2019
16:02 hs.

Twitter Faceboock
AUTORITARISMO
Para Eduardo Bolsonaro defesa do autoritarismo "não tem nada de mais"
Redação

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) saiu em defesa do seu irmão no plenário da Câmara nesta terça-feira, 10. Sob protesto de alguns deputados de oposição, o parlamentar disse que a fala do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) sobre a democracia "não tem nada de mais".

Ver online

Em mais uma das declarações absurda da família Bolsonaro, Carlos Bolsonaro testa os limites do autoritarismo com a frase "não haverão mudanças por vias democráticas". As mudanças que se refere vão da entrega de todas as riquezas do país ao imperialismo até as reacionárias pautas sobre liberdades democráticas.

Em sua defesa, Eduardo Bolsonaro disse que "O que Carlos Bolsonaro falou não tem nada de mais. As coisas em uma democracia demoram porque exigem debate. Ele falou só isso. Não temos condições de mudar o Brasil na velocidade que gostaríamos. Por nós, teria outra velocidade, mas o tempo do Congresso não é o tempo da sociedade".

Ainda comparou a frase com Winston Churchill (1874-1965), que afirma que "a democracia é a pior forma de governo, exceto todas as outras que foram experimentadas".

Bolsonaro e seus filhos não fazem questão nenhuma de esconder a veia autoritária e golpista que carregam. Subiram ao poder através de um golpe institucional, manipulação das eleições pelo STF e a prisão arbitrária do candidato que liderava as pesquisas (Lula). Tudo isso para aprofundar uma série de ataques contra os trabalhadores e o povo pobre, para garantir o lucro dos capitalistas. Basta acompanhar a saga de Paulo Guedes em privatizar o mais rápido possíveis todas as estatais.

Outra parte que caberia a Eduardo defender seu irmão reacionário é a indicação que recebeu de seu pai para ser embaixador nos EUA. Não fosse ter que tramitar no senado a aprovação, provavelmente já teria tal posto. Não há dúvidas que a fala de Carlos e a defesa de Eduardo, mostram que para esta corja reacionária os trabalhadores e o povo pobre são inimigos diretos e terão que pagar pela crise dos capitalistas. Fazem de tudo para aprovar a reforma da previdência e fazer com que o povo trabalhador morra antes de se aposentar.

(Foto: Michel Jesus/Câmara dos Deputados)

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui