www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Miércoles 21 de Agosto de 2019
18:55 hs.

Twitter Faceboock
CONGRESSO DOS TRABALHADORES DA USP
URGENTE: Reitor da USP alinha-se a Bolsonaro para atacar a organização dos trabalhadores
Redação

A reitoria da USP, às vésperas do 7º Congresso dos trabalhadores da USP, lançou mais uma ataque à organização sindical. Tenta punir os delegados eleitos que participarem do congresso, exigindo compensação das horas. Reproduzimos a nota elaborada pela diretoria do SINTUSP em repúdio à ação do reitor.

Ver online

VAHAN ALINHA-SE A BOLSONARO E ATACA O CONGRESSO DE TRABALHADORES DA USP

A Reitoria da USP, em ofício endereçado às unidades na tarde de hoje, 18 de abril, mais uma vez avança contra a organização dos trabalhadores.

A CODAGE (Coordenadoria de Administração Geral) comunica às direções das unidades que os delegados para o 7° Congresso de Trabalhadores da USP, que ocorrerá entre os dias 22 e 25 de abril, deverão compensar as horas dedicadas às discussões políticas. Além disso, tenta dividir nossos delegados, separando diretores e CDBistas dos demais delegados eleitos, uma ingerência inadmissível na nossa organização. Isso é um ataque sem precedentes. Nenhum dos nossos 6 congressos anteriores sofreu esse tipo de ataque! Ao fazer isso a reitoria, sob o comando do reitor Vahan Agopyan, se mostra alinhada ao governo Bolsonaro, herdeiro da ditadura militar, no ataque aos trabalhadores e sua organização sindical.

Além de representar um ataque à nossa organização, é também uma atitude que mais uma vez demonstra a concepção elitista da burocracia universitária, estabelecendo uma diferenciação no tratamento dispensado a docentes e a funcionários. Afinal, os docentes são facilmente liberados para participação em congressos, seminários e outros eventos, sem nenhum prejuízo. Por que o tratamento diferenciado dado aos funcionários, seus delegados eleitos pela base e seu próprio congresso?

O congresso de trabalhadores da USP é nossa instância máxima de deliberação, composto por delegados eleitos pela base, onde discutimos a orientação que norteará a categoria pelos anos seguintes na defesa dos seus direitos e da universidade, para garantir a mais ampla democracia operária. É um direito de todo trabalhador a organização sindical.

Não podemos aceitar que, às vésperas do nosso congresso, a reitoria avance sobre nossos direitos. Exigimos que a reitoria reveja imediatamente esse ofício para que todos os delegados eleitos possam participar do Congresso sem compensação de horas ou qualquer outro prejuízo aos delegados.

A diretoria chama a todos para uma reunião aberta dia 22/4 às 8 horas, na sede do sindicato para defender nosso Congresso. Chamamos todos os trabalhadores a defender nosso 7º Congresso e nosso direito à organização sindical! Estendemos o chamado à nossa Central Sindical Conlutas, a Adusp, ao DCE e demais organizações dos trabalhadores.

Diretoria colegiada plena
18/04/2019.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui