www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Viernes 23 de Agosto de 2019
09:25 hs.

Twitter Faceboock
PORTO ALEGRE
EPTC propõe tarifa absurda de R$4,70 para aumentar lucro dos empresários do transporte
Redação Rio Grande do Sul

EPTC quer aumentar para R$4,70 as passagens do transporte coletivo em Porto Alegre para aumentar lucros dos empresários do transporte. A proposta foi enviada ao Conselho municipal de Transportes Urbanos (Comtu) nesta quarta-feira (13).

Ver online

EPTC anunciou que aumentará a passagem do transporte coletivo de Porto Alegre de R$4,30 para R$4,70, um aumento de 9%, cima da inflação de 3,78%, que se destina a aumentar o lucro dos grandes empresários que lucram com o transporte às custas do suor da classe trabalhadora de Porto Alegre, que já conta com um dos transportes mais caros e precários do país.

Esse anúncio se dá logo após o fim da isenção para idosos com idade entre 60 e 65 anos, medida que destina ainda mais dinheiro ao bolso dos magnatas do transporte. Marchezan alega que o transporte deveria chegar aos 5,15 caso as isenções das passagens para idosos não fossem atacadas. Mesmo após esse ataque, que aumenta de forma significativa os lucros, os empresários solicitaram que a passagem fosse de 4,30 para 4,78, solicitação essa que agora é atendida pela EPTC.

Ao mesmo tempo, as empresas de transporte da capital receberam milhões em isenções nos últimos anos. A isenção de ISSQN que tiveram até 2018 soma cerca de R$18 milhões que deixaram de ser destinados ao cofres públicos.

A prefeitura de Porto Alegre serve com um grande balcão de negócios dos empresários do transporte, tendo como objetivo atacar a população mais pobre com a retirada de direitos e aumento cada vez maior da passagem para enriquecer cada vez mais um punhado de capitalistas

Enquanto a passagem sobre, o salário mínimo é reajustado com valores cada vez menores, fazendo muitos trabalhadores terem que gastar boa parte do seu salário apenas para conseguir ir trabalhar.

O fim dos abusivos aumentos, assim como um preço digno pelo transporte e o passe livre para estudantes, idosos e desempregados só pode ser conquistado pela luta da classe trabalhadora e da juventude por um transporte público 100% estatal e sob controle dos trabalhadores. A população não devem pagar pela crise gerada pelos capitalistas. Que os capitalistas paguem pela crise!

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui