www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Martes 25 de Septiembre de 2018
03:56 hs.

Twitter Faceboock
crise capitalista
Para o capitalista Lemann, crise é tempo de investir. Para os trabalhadores, tempo de passar fome
Steffany Cardoso

Com um discurso totalmente fora da realidade da vida dos trabalhadores brasileiros, Jorge Felipe Lemann, filho do bilionário dono da AB InBev, da Kraft Heinz e do Burger King, anuncia sua incorporadora criada para construir e comprar imóveis e posteriormente os alugar.

Ver online

A incorporadora JFL conta com um orçamento inicial de RS 360 milhões e prevê o aluguel mais barato de seus imóveis em R$6.000,00 ao mês. Em entrevista afirma que “onde tem crise, tem oportunidade” e que começou suas aquisições ainda durante o golpe institucional em 2016.

Essa história, porém, foge completamente da normalidade das histórias de vida dos brasileiros. Enquanto a JFL investe sem preocupações no mercado imobiliário, graças ao contexto familiar e econômico em que nasceu seu dono, os trabalhadores sofrem com os ataques que são resultado dessa crise criada pelos capitalistas.

É um verdadeiro escândalo humanitário e civilizatório, pois ao mesmo tempo em que um único bilionário lucra bilhões com a crise, milhares de brasileiros não tem um teto para se abrigar. Segundo pesquisa da Fundação João Pinheiro, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o déficit habitacional aumentou para 6,2 milhões de habitações em 2015, 2% a mais do que no ano anterior.

Ver mais em: http://www.esquerdadiario.com.br/Com-aumento-do-desemprego-deficit-na-habitacao-chega-a-6-2-milhoes

Enquanto Lemann enche o peito para falar com orgulho das suas aquisições e do seu desempenho dentro do capitalismo, a classe trabalhadora sofre e sente todos os dias o peso da crise com todos os ataques do governo golpista. A reforma trabalhista, a reforma da previdência e a PEC55, podem ser exemplos alarmantes de como os capitalistas despejam sobre os operários esses ataques, e os colocam a pagar suas contas em função do imperialismo.

São justamente esses empresários, que estão muito longe da realidade, que alimentam o velho discurso meritocrático e tentam empurrar aos trabalhadores a ilusão de que todos têm as mesmas oportunidades. Quando na verdade, eles são parasitas que sobrevivem da força de trabalho da população e do acúmulo do lucro do que é produzido pelas mãos da classe trabalhadora.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
Subscreva-se com uma mensagem de Whatsapp por seu celular
+(19) 981967381
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui