www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Domingo 22 de Julio de 2018
05:57 hs.

Twitter Faceboock
AMAMENTAÇÃO
Mãe é acusada de atentado ao pudor por amamentar em terminal de ônibus de Santo André
Redação

Na segunda-feira, (10), no terminal Vila Luzita em Santo André, enquanto esperava a baldeação do seu ônibus no terminal, ao começar a se arrumar para amamentar seus filho, uma mãe foi abordada por 3 seguranças que ameaçaram chamar a polícia.

Ver online

Fonte de imagem

Segundo reportagem publicada no G1, Thais Magalhães de 21 anos, dona de casa relatou que ao tirar o sling e levantar sua blusa, e começar a arrumar o sutiã para amamentação, um dos seguranças a reprimiu dizendo que chamaria a polícia, pois segundo as normas ela não poderia “dar o peito” a seu filho no local, ao questionar sobre tal norma, os seguranças seguiram dizendo que era procedimento e que chamariam a polícia, caso ela insistisse.

A trabalhadora tinha acabado de sair de uma consulta médica, que havia demorado e enquanto esperava a baldeação do seu ônibus no terminal vivenciou junto a seu filho a repressão dos seguranças, e mesmo pedindo para ir ao banheiro amamentar seguiu sendo ameaçada.

"Foi a primeira vez que tentei amamentar em público. Me senti minúscula e coagida, como se eu estivesse expondo meu filho, como se amamentar fosse algo errado. Estou com medo porque sou preta, mulher, mãe solteira e no Brasil a gente muito bem o que isso quer dizer(...)”.

A prefeitura de Santo André foi procurada e disse que não existe nenhuma lei Municipal ou orientação que coloque a restrição à amamentação em locais públicos. Afirmou que irá notificar a empresa Suzantur que é responsável pelo terminal Vila Luzita sobre o ocorrido.

Não é de hoje que as mulheres são privadas de seus direitos, a sociedade reduz a mulher a apenas a um objeto sexual e de desejo, e que se for exposta é atentado ao pudor.

A amamentação é direito não só das mães, mas também de seus filhos, que devem sim ser respeitados no seu tempo, e nas condições que acharem necessárias para que aconteça.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
Subscreva-se com uma mensagem de Whatsapp por seu celular
+55 (11) 9630-2530
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui