www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Jueves 20 de Septiembre de 2018
22:42 hs.

Twitter Faceboock
LEGALIZAÇÃO DO ABORTO NA ARGENTINA
"Temos que usar essa maré verde como impulso para transformar tudo!"
La Izquierda Diario

Assim disse neste sábado a deputada pela Frente de Esquerda (FIT, pela sigla em espanhol) Myrian Bregman, diante de um auditório de mais de 400 pessoas na Universidade de Quilmes, onde debateram como se organizar até a votação no Senado do projeto de legalização do aborto.

Ver online

Imagens de Enfoque Rojo.

A chuva e o frio da tarde de sábado não permitiram um dia cinzento. Na estação de trens de Bernal, dezenas de jovens estudantes e trabalhadores coloriram as ruas com seus lenços verdes amarrados nos pescoços e nas mochilas enquanto se aproximavam da Universidade de Quilmes, para ser parte ao lado de Myriam Bregam, deputada pelo PTS na Frente de Esquerda (FIT), de um encontro para debater como organizar-se diante do tratamento no Senado do projeto de legalização do aborto.

Diante as mais de 400 pessoas que lotaram o salão, a discussão começou com um painel conformado, além de Myriam por María Chaves, fundadora do grupo de mulheres Pão e Rosas, Laura Magnaghi e Nadia Montes.

Visto que neste 8 de agosto se vota no Senado o projeto de lei de interrupção voluntária da gravidez, que obteve a meia sanção na Câmara dos Deputados, logo que um tsunami verde protagonizado por centenas de milhares em todo o país que saíram às ruas em busca da conquista elementar a decidir, a deputada colocou que: "A votação no Senado não será fácil. Para que o projeto seja tratado sem demoras, mudanças ou manobras, devemos redobrar a força das mulheres nas ruas, junto a seus companheiros homens, nos locais de trabalho e estudo, em assembleias e em comissões de mulheres nos sindicatos, não apenas para conquistar uma sanção favorável que determine o direito ao aborto legal, mas também para colocar um freio às políticas de miséria que Macri, os governos, empresários e o FMI, querem impor.

Mais este ataque ao povo trabalhador está em curso, e as mulheres são as que mais sofrem com os ajustes que quer o FMI e é por isso que nós devemos batalhar também pelo não pagamento da dívida: "temos que usar essa varé verde como impulso para transformar tudo!"

Participaram do encontro estudantes secundaristas, um dos setores protagonistas da jornada de 13 de junho, que mostratam grande força de luta. Participaram também docentes, trabalhadoras ferroviárias, aeronáuticos, petroleiros, metalúrgicas, trabalhadores da Coca-Cola, estudantes universitários, tercerizadas e uma destacada presença de secundaristas.

A discussão foi organizada pela agrupação de mulheres Pão e Rosas e a Juventude do PTS, com a ajuda do Centro de Estudantes de Ciências Sociais, Economia e Administração da Universidade Nacional de Quilmes.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
Subscreva-se com uma mensagem de Whatsapp por seu celular
+(19) 981967381
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui