www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Lunes 19 de Noviembre de 2018
05:58 hs.

Twitter Faceboock
CARNAVAL
Paraíso do Tuiutí fez comentaristas da Globo engasgarem e se calarem em rede nacional
Redação

O desfile de protesto da Paraíso do Tuiuti na primeira noite do sambódromo do Rio de Janeiro é de longe o de maior repercussão nas redes sociais, desde a madrugada desta segunda-feira 12.

Ver online

O enredo se tratou de um ataque frontal ao governo golpista de Michel Temer, e contra a nefasta reforma trabalhista (espelhada nas fantasias de "carteiras de trabalho", que Temer dispôs ao gosto da burguesia nacional e estrangeira, institucionalizando a precarização do trabalho na destruição dos já escassos direitos da CLT). Temer é retratado como um vampiro com dinheiro ao redor do pescoço, verba pública que usou para comprar parlamentares para escapar das denúncias feitas por seus acordos com Joesley Batista da JBS.


Ademais, a Paraíso do Tuiutí escancarou a brutalidade da herança escravocrata da burguesia brasileira, com colunas figurando negros escravizados, vários com máscaras de flandres - uma brutalidade usada para impedir que os escravos ingerissem alimentos, bebidas ou terra - marchando encadeados pelas correntes que os acompanhavam no navio negreiro desde o aprisionamento nas costas da África. Uma das imagens mais fortes de todo o enredo.

Para compor também o bloco, também figuraram os manifestantes "verde e amarelo" manipulados pelas cordas da FIESP, da Confederação Nacional da Indústria e outras instituições que patrocinaram o golpe institucional.

Todo esse enredo fez os comentaristas da Globo engasgarem de constrangimento, sem saber o que fazer para narrar as críticas a um golpe institucional e a contrarreformas reacionárias que, através de seus meios digitais e impressos, incentiva dia a dia.

Em vários momentos o silêncio foi notório: Alex Escobar, Fátima Bernardes e Milton Cunha não sabiam o que dizer e ficaram calados, esperando o desfile acabar. Patético.

O colunista de TV Mauricio Stycer comentou, em seu blog no UOL, que os narradores da emissora ficaram constrangidos. "Do camarote da Globo, onde narrava o desfile, Fátima Bernardes, Alex Escobar e Milton Cunha reagiram com comedimento ao surpreendente protesto, como se estivessem constrangidos", escreve.

Sobre o desfile da Tuiutí, Marcelo Pablito disse que: "Não deixem de ver o 1desfile protesto1 da Paraíso do Tuiuti contra a escravidão negra no passado e a nova escravidão assalariada que Temer e os patrões querem fazer com a reforma trabalhista e da previdência. Agora só falta as centrais sindicais saírem do bloco do corpo mole pra que a classe trabalhadora assuma a comissão de frente da greve geral e a nossa porta-bandeira faça tremular mais uma vez o grito do povo negro pela liberdade e pelo fim da exploração!

“Um grito feito pele de tambor
Deu no noticiário, com lágrimas escrito
Um rito, uma luta, um homem de cor (...)
Não sou escravo de nenhum senhor
Meu Paraíso é meu bastião
Meu Tuiuti o quilombo da favela
É sentinela da libertação

VEJA TAMBÉM
- Paraíso do Tuiuti e o grito negro pela liberdade e contra o golpe institucional
- 2018: o ano que o Carnaval trouxe para a avenida o grito de revolta dos brasileiros
- MBL é humilhado nas redes por post contra a Tuiuti, e envergonhado apaga publicação

Sobre o mesmo tema, Carolina Cacau disse que: "A Paraíso do Tuiuti fez um desfile histórico ontem. Mostrando a resistência do Carnaval questionaram o fim da escravidão da escravidão negra do passado e fizeram uma forte denuncia do golpe e dos ataques de Temer e dos patrões com a reforma trabalhista e a reforma da previdência. A Globo constrangida teve que mostrar a ala dos manifestoches com os patos amarelos símbolos do golpismo e o presidente vampiro.

Tuiuti entrou para história colocando na avenida o grito de protesto dos brasileiros.
Carnaval é resistência!
Por uma greve geral pra derrubar a Reforma da Previdência e pelo direito do povo decidir em quem votar!
Viva a Paraíso do Tuiuti!
"

Não à toa o desfile da Tuiutí esteve nos trending topics do Twitter, e assunto mais comentado do Carnaval. Expressa o ódio de amplos setores da classe trabalhadora, das mulheres e da juventude contra a reformas da previdência, mas também contra a nefasta reforma trabalhista que lançou as condições de trabalho de volta ao século XIX. Antecipa a raiva que pode ser liberada na jornada nacional de luta contra a reforma da previdência do dia 19/2, que as centrais sindicais convocaram sem organizar assembleias nas bases.

Precisamos fazer com que essa jornada seja a mais forte possível, exigindo das centrais sindicais - especialmente da CUT e da CTB - que parem de se arrastar e organizem assembleias para parar tudo dia 19.

A folia do Carnaval está reverberando a enorme "crise orgânica" que atravessa o país, a crise de representatividade dos partidos tradicionais da burguesia e a vontade de luta de setores amplos no país.

- Por que a Tuiuti está certa ao comparar a Reforma Trabalhista com trabalho escravo?
- Frota se irrita ao ver que é um "manifestoche" de Temer e chama Tuiuti de comunista
- Paraíso do Tuiutí fez comentaristas da Globo engasgarem e se calarem em rede nacional
- Rodrigo Maia se irrita com as críticas da Tuiutí contra a nefasta reforma trabalhista

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui