www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Sábado 22 de Septiembre de 2018
17:18 hs.

Twitter Faceboock
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Em troca da reforma, Temer libera 10 bilhões em obras para levantar a moral dos políticos
Rodrigo Tufão
Metroviário, cipista da linha 1 Azul São Paulo
Ver online

O presidente golpista Michel Temer acaba de liberar 10 bilhões para o ministro Marun chantagear deputados, afim de aprovar a famigerada reforma da previdência. São 10 bilhões para fazerem ou terminarem "obras" em seus estados, garantindo votos para se reeleger nas eleições de 2018. É assim que funciona os governos no Brasil, agora mostrado sem cortinas pelo governo Temer, na base da chantagem e da corrupção.

A ânsia do "deus" mercado em aprovar a reforma da previdência, para garantir o exorbitante pagamento de juros para os especuladores internos e externos, toma voz nos principais meios de comunicação do país. Uma campanha feita diariamente para convencer a população, de que sem a reforma da previdência, o país vai acabar. Que se o trabalhador não aposentar depois dos 65 anos, a previdência e o país vão falir.

Se a voz da reforma é a mídia, controlada por 5 famílias das mais ricas do país. A forma da reforma é assumida pelo governo corrupto de Temer, que assumiu o poder através de um golpe parlamentar, para tentar livrar seus integrantes das investigações de corrupção, prometendo aprovar todas as reformas, que tiram direitos do trabalhador em detrimento dos patrões e do mercado financeiro.

Para levar a frente seu plano, o governo acaba de liberar 10 bilhões para o ministro Marun (o mesmo da dancinha famosa,depois que os deputados salvaram Temer de ser investigado no caso JBS). Assim Marun terá mais poder de chantagem sobre os deputados, oferecendo dinheiro em troca de votos a favor da reforma.

Funciona assim. Marun libera o dinheiro. O deputado vota a favor da reforma. Aí sabe aquele asfalto "malandro" que dura 6 meses? De repente ele aparece no seu bairro. Sabe aquela obra inacabada a anos? De repente começam a terminar. Assim o deputado pode fazer demagogia em sua base eleitoral e ganhar votos. É dessa forma que governam e legislam em nome do povo.São financiados por empresários e pelo "deus" mercado. Isso sem contar os caixas 2 que vão sair dessas obras, para financiar as campanhas dos excelentíssimos deputados.

É inadmissível que usem o dinheiro público como moeda de troca para seus projetos reacionários e anti populares. O governo, os parlamentares e os telejornais usam e abusam da paciência do trabalhador. É necessário uma grande greve geral por tempo indeterminado, para barrar a reforma da previdência e revogar a reforma trabalhista. Só os trabalhadores auto organizados, podem dar uma saída a crise política e derrubar o regime podre que alimenta os patrões e os partidos da ordem. Que 2018 seja o ano onde os trabalhadores brasileiros vão mostrar quem manda nesse país. Chega de empresários e políticos corruptos. Chega de mídia controlada por famílias. É hora de nos levantarmos, derrotar as reformas e impor uma nova constituinte para derrubar o velho regime.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
Subscreva-se com uma mensagem de Whatsapp por seu celular
+(19) 981967381
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui