www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Martes 16 de Enero de 2018
15:58 hs.

Twitter Faceboock
POLÍCIA SANGUINÁRIA
Policial mata flanelinha que limpava seu vidro e responderá pelo crime em liberdade
Redação
Ver online

IMAGEM: G1

Na Av. Cesário de Melo com a Madre Teresa, perto do Hospital Rocha Faria no bairro de Campo Grande, mais uma demonstração da sanguinolência da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Em discussão com um "flanelinha" que limpava o vidro do seu carro, o policial terminou assassinando o trabalhador.

Tudo isso ocorreu porque o flanelinha jogou água no para-brisa do carro de um Cabo da UPP de Manguinhos, Leandro Augusto Graciano, que imediatamente entrou em discussão com ele. Quando o flanelinha insistiu em limpar o vidro do carro, o policial militar desceu do carro e atirou com sua arma na direção do chão.

Para se defender do policial armado, assustado, o flanelinha Romário de Oliveira Resende pegou em uma pedra. Desta vez, o policial atirou em sua direção, e Romário morreu na hora.

Mais uma brutalidade da policia militar do Rio de Janeiro, que com seu ódio característico aos pobres e aos trabalhadores, matou Romário que tentava unicamente se sustentar com um trabalho honesto.

O cabo Leandro Augusto se apresentou à Divisão de Homicídios, e os delegados de plantão decidiram que ele poderá responder pelo seu crime em liberdade. Mais uma demonstração da impunidade do gatilho fácil da polícia do Rio, criada para matar negros e pobres e reprimir os trabalhadores.

Com informações de https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/pm-mata-flanelinha-que-jogou-agua-no-para-brisa.ghtml

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
Subscreva-se com uma mensagem de Whatsapp por seu celular
+55 (11) 9630-2530
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui