www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Lunes 15 de Octubre de 2018
17:54 hs.

Twitter Faceboock
REVOLUÇÃO RUSSA/ 100 anos
A Revolução Russa de ontem e a classe trabalhadora de hoje
Gilson Dantas
Brasília
Ver online

Para qualquer pessoa medianamente consciente e conhecedora do que foi a Revolução Russa de 1917, este acontecimento, da vitória do primeiro Estado dos trabalhadores, é um marco; embora saiba que ocorreu a degeneração stalinista da revolução, e que se trata de uma revolução ocorrida várias gerações atrás, mas também se dá conta de que ela continua sendo um livro aberto, rico para reflexões em uma sociedade capitalista que recria a luta de classes e a miséria todo o tempo.

Esse é o conhecimento básico.

Para além dele, teremos as reflexões mais estratégicas, mais de conteúdo e que levam os revolucionários atuais ao estudo ativo da revolução de Outubro, assim como os dirigentes da Revolução Russa também estudaram, conscienciosamente, a experiência anterior, da Comuna de Paris.

No entanto, também existem aqueles que entendendo em alguma medida o valor historiográfico e político da Revolução Russa ou, ao menos, seu papel como divisor de águas no século XX, mas tendem a imaginar que no mundo contemporâneo, com tão profundas mutações em relação aos tempos da Revolução Russa, os fatores históricos e sociais mudaram de tal forma que nem a revolução é necessária, nem ela pode mais ser feita pela classe trabalhadora e, por essa via, terminam minimizando a importância dos ensinamentos de Outubro de 1917.

A palestra abaixo se dirige a esse público.

E procura dialogar com aquelas questões: da necessidade mais imperiosa que nunca da revolução social e proletária e de como e por que, apesar de toda a metamorfose da classe trabalhadora, continua de pé a necessidade de que seja o proletariado moderno, com todas as suas contradições, o sujeito político ou a classe social que dispõe do potencial – insubstituível – de hegemonizar os pobres urbanos e rurais para vencer a ordem burguesa.

Nessa palestra será argumentado por quê, na luta por outra sociedade, que nos tire da marcha atual rumo à barbárie, nenhum outro sujeito é possível. E, ao mesmo tempo, por quê a necessidade dessa revolução se tornou imperiosamente urgente e a mãe de todas as tarefas políticas para a nossa própria sobrevivência, humana.
Você pode conferir o exame de tais questões no vídeo abaixo, em trecho da palestra realizada no evento pela comemoração dos 30 anos do NEPPOS, núcleo institucional de estudos vinculado ao Serviço Social/Universidade de Brasília, em 25 de outubro de 2017, na Semana Universitária da UnB.

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
Subscreva-se com uma mensagem de Whatsapp por seu celular
+(19) 981967381
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui