www.esquerdadiario.com.br / Veja online / Newsletter
Esquerda Diário
Esquerda Diário

Jueves 23 de Noviembre de 2017
10:11 hs.

Twitter Faceboock
REFORMA TRABALHISTA
Trabalhador é condenado a pagar por ação judicial no primeiro dia da nova lei trabalhista
Redação
Ver online

Na Bahia, o juiz do trabalho José Cairo Junior botou em prática a Reforma Trabalhista já neste sábado, aplicando uma sentença absurda contra um trabalhador.

O trabalhador havia processado seu patrão após ter sido assaltado a mão armada pouco antes de sair para a firma. Pedia R$ 50 mil, mas foi obrigado a desembolsar R$ 8.500 por litigância de má-fé e pelas custas da ação.

Nessa mesma ação, o trabalhador pleiteou o pagamento de horas extras, mas o juiz afirmou que não houve comprovação da carga horária adicional, expressando o papel subserviente aos patrões que cumpre o Judiciário. O juiz rejeitou a tese de “responsabilidade civil do empregador decorrente de atos de violência praticados por terceiros”.

Com a nova lei trabalhista, por qualquer motivo, um trabalhador que queira abrir um processo contra o seu patrão explorador, caso ele perca na Justiça, terá de arcar com os custos advocatícios. Como é comum, frente a um Judiciário serviçal aos interesses patronais, que o trabalhador se frustre ao entrar na Justiça contra o seu patrão, essa nova lei permitirá maiores barbaridades dos patrões, as barateando ainda mais, e o trabalhador, dane-se para pagar os custos advocatícios.

Fonte: Painel Folha de São Paulo

Veja também:

- Reforma trabalhista torna o Brasil campeão na exploração do trabalho

- Ansioso, dono da Riachuelo quer cortar direitos dos trabalhadores imediatamente

 
Izquierda Diario
Redes sociais
/ esquerdadiario
@EsquerdaDiario
Subscreva-se com uma mensagem de Whatsapp por seu celular
+55 (11) 9630-2530
contato@esquerdadiario.com.br
www.esquerdadiario.com.br / Avisos e notícias em seu e-mail clique aqui