Mundo Operário

MORTE NO TRABALHO EM MG

Metalúrgico morre esmagado por bobina de 7 toneladas em fábrica de Contagem

Na ultima quarta-feira (23), um metalúrgico morreu esmagado por uma bobina de 7 toneladas na empresa Ferrosider, em Contagem, MG. Se trata de mais uma morte de um operário que trabalhava se expondo a situações de risco e, assim como tantos outros operários, teve sua vida arrancada pelas mãos do capitalismo.

segunda-feira 4 de junho| Edição do dia

O eletricista de manutenção Marcos Ferreira de Souza, de 37 anos foi esmagado e teve morte instantânea realizando seu trabalho no carretel da desbobinadeira. O equipamento cedeu e esmagou o metalúrgico que deixa esposa e filhos.

Isso mostra como sequer condições de trabalhar em segurança o capitalismo é capaz de oferecer aos trabalhadores.

O capitalismo não dá mais. Os patrões descarregam a carga da crise em nossas costas enquanto lucram cada vez mais, precarizando cada vez mais as condições de trabalho nas indústrias.

Precisamos nos organizar como uma alternativa de derrubada desse sistema de miséria que impõe mortes, mutilações, sofrimento e constrangimento aos que realmente produzem a riqueza da humanidade.




Tópicos relacionados

Contagem   /    Acidentes de Trabalho   /    Mundo Operário

Comentários

Comentar