maio de 1968

MAIO DE 1968 / AS CANÇÕES QUE CANTÁVAMOS NAQUELES ANOS / NOTA N.4

Zitarrosa: a milonga no canto de um poeta revolucionário

Gilson Dantas

50 ANOS MAIO FRANCÊS

50 anos do Maio Francês: América Latina e anti-imperialismo

Gonzalo Adrian Rojas

MAIO DE 1968 NO BRASIL / FEIRA DO LIVRO-BRASÍLIA JUNHO 1968 /

1968 no Brasil: um ano de combates, ainda não decifrado até o fim

Gilson Dantas

50 ANOS MAIO DE 1968 / MOVIMENTO OPERÁRIO / DITADURA 1964 /

A esquerda que não exorcizou o fantasma do golpe de 1964 e o movimento operário na ditadura militar

Gilson Dantas

MAIO DE 1968 / 50 ANOS / BRASIL / GUERRILHA /

1968 no Brasil: a crise da esquerda armada

Gilson Dantas

FRANÇA / MAIO DE 1968: UM LEGADO EM DISPUTA [PARTE III DE III]

O maio francês de 1968: legado e lições [Parte III-final]

Gilson Dantas

FRANÇA / MAIO DE 1968: UM LEGADO EM DISPUTA [PARTE II DE III]

O maio de 1968 no seu auge e a “pacificação” [Parte II]

Gilson Dantas

ARTE E CULTURA

O rock e as lutas sociais em 1968

Afonso Machado

MAIO DE 1968 / AS CANÇÕES QUE CANTÁVAMOS NAQUELES ANOS / Nota n.3

Um cantor para a classe operária: Victor Jara

Gilson Dantas

MAIO DE 68 NA FRANÇA

O maio de 1968: as origens e o estopim daquele movimento

Gilson Dantas

50 ANOS DO MAIO DE 1968 NA FRANÇA

A 50 anos do Maio Francês: Quando trabalhadores e estudantes desafiaram o poder

Gabriela Liszt

EMPRESAS NA UNICAMP

A Unicamp e sede de lucros do capital monopolista com o conhecimento

Matheus Correia
Flávia Telles

MAIO DE 1968

Globo teme os ares de maio de 1968, mas não consegue esconder a força da juventude

Flávia Telles

FRANÇA

Estudantes franceses ocupam faculdade em que Macron se formou

Facundo Rocca

MAIO DE 1968 / DITADURA MILITAR / UnB / COMISSÃO DA VERDADE /

Ditadura militar, maio de 1968 e a repressão na UnB: depoimento de um setentista

Gilson Dantas

FRANÇA

Estudantes franceses ocupam anexo da Sorbonne contra as reformas do presidente Macron

Redação

AS CANÇÕES QUE NÓS OUVÍAMOS EM MAIO DE 1968 [I] / 50 anos

Bella Ciao: uma música para todas as estações revolucionárias

Gilson Dantas