×

Hipocrisia | Zema concede R$1 bi em isenções para grandes empresários enquanto nega reajuste aos educadores

Zema e sua base na ALMG estão, neste momento, repetindo como papagaios que se pagar o piso para a educação o Estado vai falir. Não mencionam que o governo decidiu isentar de R$1 bilhão em IPVA grandes empresários como Salim Mattar, ex secretário de Bolsonaro, consultor de Zema e financiador do NOVO.

quarta-feira 30 de março | Edição do dia

Que o governo de Minas Gerais tem dinheiro para a educação não é segredo para os trabalhadores e trabalhadoras da rede estadual, que se enfrentam com o governo Zema em uma greve que dura 22 dias, em exigência do pagamento do piso salarial e contra o Regime de Recuperação Fiscal. Seria cômico se não fosse trágico que, exatamente enquanto se nega a reajustar os salários de professores, com mais de 80% de defasagem, e de demais trabalhadores da educação, como que como as ASBs não recebem sequer um salário mínimo, Zema oferece de bandeja um bilhão de reais a Salim Mattar e seus colegas empresários de locadoras.

As informações do Ministério Público de Contas de Minas Gerais são de que o governo vai abrir mão de mais de R$1 bilhão de reais, referentes ao IPVA para empresas de locação de veículos. Esse valor representa um aumento recorde de 171% esse ano. O principal beneficiado com a isenção é Salim Mattar, que é dono da Localiza, ex-secretário de Bolsonaro, consultor de Zema e terceiro maior financiador do partido NOVO em Minas Gerais.

Essa direita reacionária não tem a menor vergonha de situações como essas. Zema e Bolsonaro são capachos dos grandes empresários, atuam como empresários e portanto quanto menor os salários e direitos, e mais humilhação e repressão para os trabalhadores, é melhor. Por isso a mobilização dos trabalhadores precisa ser cada vez mais forte, fortalecendo os comandos greve e buscando passos para a unificação das lutas da educação, da saúde e dos metroviários, como a construção de comitês de greve unificados, sem nos aliarmos àqueles que nos reprimem, como as polícias.

Acreditar somente na atuação parlamentar não é suficiente. Somente pelo caminho da luta de classes podemos vencer Zema, Kalil/Fuad e Bolsonaro!

Entre no canal ED-MG para receber diariamente materiais de cobertura das greves e as principais matérias de MG, do país e do mundo.




Comentários

Deixar Comentário


Destacados del día

Últimas noticias