Política

DIREITA DELIRANTE

Visando mudar a história, Instituto Liberal diz que ditadura no Brasil foi de esquerda

É possível perceber um movimento de direita que tenta veicular nas mídias e redes sociais, a mentira de que a ditadura no Brasil, o nazismo e todas as atrocidades que conhecemos são de esquerda. Seguindo essa linha o ILISP agora inventou que a ditadura militar no Brasil foi "de esquerda".

quinta-feira 17 de agosto| Edição do dia

Como é possível comprovar pela foto, mesmo dizendo e atestando, muitas vezes mostrando os livros de história do Brasil, ainda assim os direitosos querem deturpar a história a seu favor.


Comentário em que o ILISP afirma que a ditadura foi de esquerda

Recentemente, Eduardo Bolsonaro disse que o nazismo foi de esquerda e agora o Instituto Liberal afirma que a ditadura no Brasil foi de esquerda.

Para quem não conhece a história de como se deu o golpe de 64, basicamente havia João Goulart pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), conhecido popularmente como de esquerda, apesar de se tratar de um partido de conciliação de classes, que é o mesmo que defender que a classe trabalhadora viva em plena harmonia com a burguesia.

Do outro lado, havia a direita da UDN e os militares com o exército que tomaram o poder contra João Goulart, ou seja, não era nem um combate direto com uma esquerda consequente, mas sim um combate com a conciliação de classes.

Ainda assim, a ditadura matou, torturou, prendeu e desapareceu com corpos, dos quais não se sabe o paradeiro até o dia de hoje. A direita é quem precisa defender a sua riqueza, e para isso faz uso do braço armado do estado que é o exército e a polícia. Em suma, esses novos historiadores da direita gostam mesmo é de passar vergonha.

Para os liberais, desde que exista estado, o governo é automaticamente de esquerda. Nesse sentido, não duvidemos que em breve poderemos ler pelas redes que o governo Bush também foi de esquerda. Fica a pergunta de porque então apoiar o golpista Temer, que também governa por meio do estado. A realidade desmascara essa confusão que os direitosos fazem para tentar confundir a cabeça da população.

Para desfazer a confusão, os bolcheviques, que foram e são o maior modelo histórico de esquerda, na Rússia de 1917, defendiam um estado operário, governado e dirigido pelos trabalhadores com o fim de acabar com toda exploração do sistema capitalista. Ou seja, até hoje na história a esquerda caminha para colocar em prática os seus reais anseios que em nada coincidem com as pérolas das “análises” históricas dos liberais, que na verdade não passam de uma profunda desonestidade intelectual.




Tópicos relacionados

Ditadura militar   /    Política

Comentários

Comentar