Educação

CRISE NA EDUCAÇÃO

Universidades Federais em greve se manifestam no centro do Rio

sexta-feira 31 de julho de 2015| Edição do dia

Nesta quinta-feira (30), trabalhadores, estudantes e professores das universidades federais (UFRJ, UFF, UNIRIO) se manifestaram no centro do Rio de Janeiro. O ato com cerca de 400 manifestantes se concentrou na Candelária, dirigindo-se à Cinelândia.

Nas três universidades, trabalhadores e estudantes estão em greve há dois meses. No caso da UFF, os docentes entraram junto com as duas categorias, já na UNIRIO os professores não aderiram à greve nacional, enquanto na UFRJ, os professores estão em greve desde o dia 23 de junho. Além das categorias das Universidades Federais, a manifestação também contou com a presença de trabalhadores da saúde, do Ibama, e previdenciários.

Técnicos administrativos estão em greve em todas as Universidades Federais do Brasil, enquanto mais da metade delas tem greve de professores. A crise das universidades federais, que sofreram o corte de 9,4 bilhões na educação como parte do ajuste fiscal do governo Dilma, teve outro episódio nesta semana com o corte de luz da universidade federal da Bahia. Em entrevista, Roberto Leher, Reitor da UFRJ afirmou que o déficit de orçamento da universidade neste ano chegará a 300 milhões.




Tópicos relacionados

Educação   /    Rio de Janeiro

Comentários

Comentar