Juventude

REPRESENTAÇÃO ESTUDANTIL

UFMG: Convidamos os estudantes de Artes Visuais a participarem da votação de seus representantes para comissão provisória

Como aprovada em assembleia da EBA, serão eleitos em assembleias de cada curso representantes para uma comissão provisória que ficará responsável por representar os estudantes do curso junto à gestão do DA além de colaborar para uma maior organização estudantil. O curso de Artes visuais realiza sua assembleia na proxima quarta as 15h e ira eleger ate 4 representantes.

Lina Hamdan

Estudante de Artes Visuais na UFMG

Júlia Santana

Representante Estudantil do curso de Artes Visuais na UFMG e militante da Faísca Revolucionária

sexta-feira 24 de julho| Edição do dia

Como noticiamos anteriormente, no dia 15, foi realizada uma assembleia de todos os estudantes da EBA para discutir, sobretudo, como manter a organização e a representação estudantil em situação de pandemia de coronavírus, visto que a gestão anterior do Diretório Acadêmico, "Criar e Lutar", composta por independentes e membros dos PCB/UJC/MUP, da UP/Correnteza e do Afronte, teve seu mandato oficialmente encerrado no dia 24 de maio.

Como ter representação em tempos de pandemia?

O DA EBA é o principal órgão de representação dos estudantes da Belas. Mas, devido à atual necessidade de isolamento social, que impossibilita a realização de eleições presenciais ordinárias previstas em estatuto do DA, foi aprovada na última assembleia uma alternativa de representação estudantil, proposta por nós do Coletivo Faísca Revolucionária: uma coordenação entre esta mesma gestão, eleita democraticamente pelos estudantes ano passado, e novos representantes eleitos de maneira excepcional, em assembleias virtuais de seus cursos, por maioria simples, permitindo a representação daqueles estudantes que não tem disponibilidade de estar em uma gestão.

Essa coordenação excepcional entre DA e comissão de representantes provisórios foi votada para durar enquanto se mantiverem as aulas de maneira remota com o prazo máximo de um ano. Cada representante de curso pode ser revogado caso os estudantes do curso que o elegeu deliberem que suas decisões tiradas em assembléias posteriores não estão sendo representadas e levadas a cabo pelo mesmo. Cada curso irá eleger um número de representantes de maneira a que a comissão represente proporcionalmente ao número de estudantes que entram na escola anualmente. Nosso curso irá eleger 4 representantes.

Qual o posicionamento da Faísca?

Para nós da Faísca, a votação de representantes visa potencializar a organização e participação dos estudantes, para que os mesmos saibam e decidam quem são seus representantes, em contraposição a uma gestão aberta em que os estudantes mal sabem quem a compõe. Queremos tornar os debates uma constante e criar uma tradição de movimento estudantil no nosso curso, em que a experiência democrática seja a construção coletiva através dos espaços de deliberação estudantil, ainda que neste caso o seja virtual. E através do nosso curso, possamos também colaborar com a organização dos estudantes de toda a EBA.

Por isso, nós da Faísca Revolucionária, fazemos um chamado a todos os estudantes de Artes visuais da UFMG a tomarem em suas mãos a construção de uma organização estudantil verdadeiramente democrática e combativa, participando ativamente do processo de eleição dos representantes da comissão provisória e usando esse espaço para refletirmos não só os desafios que devemos enfrentar enquanto estudantes de Artes Visuais, mas também qual universidade queremos construir e defender em meio ao cenário de coronavírus e da determinação autoritária de aulas remotas por parte da reitoria da UFMG.

Sabemos que essa nova representação terá muitos desafios para que os estudantes não sejam prejudicados pelo ensino remoto e pelo aprofundamento da crise sanitária e econômica. Por isso, os espaços de organização estudantil são essenciais, inclusive para enfrentar os reacionários Bolsonaro e Mourão, ambos com seus discursos racistas e seus elogios à ditadura. Frente a um cenário de aprofundamento da precarização da vida, do estudo e do trabalho e em que as artes e os artistas estão sob ataque, reafirmamos a necessidade da unidade entre as demandas dos setores mais precários da população, como os entregadores, e dos estudantes que seguem sofrendo com a precarização do ensino.

Saiba mais: UFMG: Contra o ensino remoto e a precarização, lutaremos com os entregadores

Como me candidatar?

Os estudantes que queiram se candidatar como representantes podem desde já usar a semana do dia 22 ao dia 29 de julho para expor e defender sua candidatura nas redes sociais e grupos de whatsapp, por conta própria. Para se candidatar oficialmente basta estar na assembleia e no início da mesma apresentar seu nome e matrícula e interesse em se candidatar.

Como será a assembleia e a eleição?

A assembleia online será realizada pelo Google Meets na próxima quarta-feira, dia 29, às 15h, onde os estudantes interessados em se candidatar terão cada um 5 minutos de fala (por ordem alfabética) para defender sua candidatura. Em seguida, realizará a votação em que serão escolhidos os quatro representantes do curso.

Após a defesa de cada candidato, um moderador (que não poderá se candidatar) irá escrever e compartilhar a tela expondo duas listas 1) dos estudantes do curso de Artes Visuais online na assembleia e 2) dos candidatos. O moderador irá chamar seguindo a primeira lista cada estudante a votar até 4 nomes dentre os candidatos escritos na segunda lista.

Por fim, será feita a contagem de votos e os representantes eleitos deverão, preferencialmente, usar as redes para comunicar ao máximo o resultado e sua consolidação como representante provisório dos estudantes do curso.

Como eu participo da assembleia?

O link será divulgado uma hora antes da mesma pelos grupos de whatsapp do curso e da EBA. E os estudantes devem entrar na chamada com seu nome e sobrenome para que seu voto possa ser validado.

Qualquer dúvida, podem escrever nos comentários! E compartilhem o texto para que chegue ao máximo de estudantes do nosso curso.

Pode te interessar:
“Nos unamos aos entregadores”, diz carta dos estudantes de Artes Visuais da UFMG




Comentários

Comentar