Cultura

CONTRA A CENSURA

U2 protesta contra a censura e defende direitos LGBT, em turnê no Brasil

segunda-feira 23 de outubro| Edição do dia

No primeiro show da turnê de 30 anos do álbum “The Joshua Tree” que aconteceu quinta, 19, no estádio do Morumbi, o baterista Larry Mullen Jr. usou uma camiseta com a frase “censura nunca mais”. A frase faz referência aos episódios de censura à exposições de arte como a de Bia Leite, que continha a peça “criança viada”, e a de Alessandra Cunha Ropre, com a obra “Pedofilia”, fruto da pressão reacionária de setores como o MBL, Bolsonaro e outros deputados.

O vocalista Bono Vox citou Renato Russo, Caetano Veloso e defendeu os direitos LGBT. Durante a música “Ultra Violet” projetou num telão imagens de mulheres como Tarsila do Amaral e Maria da Penha.

Dia 25 há novo show da banda na capital paulista.




Tópicos relacionados

Cultura   /    Gênero e sexualidade

Comentários

Comentar